Antônio Carlos Costa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Antônio Carlos Costa
Nome completo Antonio Carlos Alves Sá Costa
Nascimento 1962
 Rio de Janeiro,  Brasil
Ocupação Pastor, teólogo
Empregador Igreja Presbiteriana do Brasil
Religião Protestante, Presbiterianismo

Antônio Carlos Alves Sá Costa é um pastor, jornalista, ativista social e teólogo brasileiro de orientação calvinista.

Vida pessoal e biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido em 1962 na cidade do Rio de Janeiro, Antônio Carlos Costa cresceu em uma família católica romana. Converteu-se ao protestantismo no ano de 1982. É casado e pai de três filhos.

Carreira eclesiástica[editar | editar código-fonte]

Foi ordenado pastor pela Igreja Presbiteriana do Brasil. Na década de 90, plantou a Igreja Presbiteriana da Barra da Tijuca, a qual ele pastoreia até os dias de hoje[1] . No ano de 2004 criou o ministério Palavra Plena, do qual é presidente. Foi apresentador do programa de televisão Palavra Plena. É pastor da Igreja Presbiteriana da Barra da Tijuca, na Estrada do Itanhangá,1051, Rio de Janeiro. É fundador da Escola Teológica Reformada, que foi criada em 2005 com o objetivo de preparar teologicamente pastores, missionários, professores e cristãos em geral no Estado do Rio de Janeiro.

Atualmente preside a ONG Rio de Paz, a qual não tem vínculos políticos ou ligação com instituição pública. O Rio de Paz é filiada ao Departamento de Informação Pública da Organização das Nações Unidas. Foi iniciada em janeiro de 2007, logo após a onda de atentados que varreu a cidade do Rio de Janeiro, no final do ano de 2006. A violência é um dos problemas sociais mais graves do Brasil. Apenas em 2015, 59.080 brasileiros foram vítimas de homicídio[2], fato que torna o Brasil o país com maior número absoluto de homicídios no mundo. A missão do Rio de Paz é desenvolver ações criativas, pacíficas e inclusivas, que chamem a atenção das pessoas e das autoridades públicas para a gravidade da situação e para a necessidade de que a violência seja combatida através da defesa dos direitos humanos em nosso país. O Rio de Paz também desenvolve ações de assistência espiritual e social em carceragens e favelas do Rio. Além disso, a ONG é responsável do Placar da Violência, localizado na lagoa rodrigo de Freitas, o qual expõe o nome das crianças vítimas de bala perdida e dos policiais assassinados no Estado do Rio de Janeiro.

Possui mestrado em Teologia Histórica pelo Centro Presbiteriano de Pós-Graduação Andrew Jumper, no Instituto Presbiteriano Mackenzie e é doutorando pela Faculté Libre de Théologie Réformée, França.

Autor de diversos livros, dos quais o de maior sucesso é "Convulsão protestante: Quando a teologia foge do templo e abraça a rua", no qual ele não só apresenta o seu ministério, como também mostra as bases bíblicas para a ação da igreja de Cristo na defesa dos Direitos Humanos.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

É autor de diversos livros, entre eles:

  • As dimensões da Espiritualidade Reformada
  • Pai o Deus Cristão
  • A Certeza da Inspiração
  • O Sucesso Segundo Deus
  • O Amor dos Redimidos
  • As Razões da Esperança
  • Enquanto o sonho não nasce
  • A Infinita Sede do Ser
  • O Único lugar de repouso da alma
  • O Verdadeiro Conhecimento de Deus
  • Convulsão protestante
  • Teologia Da Trincheira
  • «Pastores | Igreja Presbiteriana da Barra da Tijuca». ipbarra.org.br. Consultado em 30 de outubro de 2017 
  • Camargos, Chiara Fernandes de. «Atlas da Violência 2017 mapeia os homicídios no Brasil». www.ipea.gov.br. Consultado em 30 de outubro de 2017