Antônio Carlos dos Santos Aguiar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Antônio Carlos
Informações pessoais
Nome completo Antônio Carlos dos Santos Aguiar
Data de nasc. 22 de junho de 1983 (36 anos)
Local de nasc. Rio de Janeiro, (RJ), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1, 85 m
Destro
Apelido Xerife,
Xerifão[1]
Informações profissionais
Período em atividade 2003presente (16 anos)
Clube atual Brasiliense
Posição Zagueiro, Líbero e Lateral[2]
Clubes de juventude
1999–2001
2001
2001–2003
Olaria
Bangu
Fluminense
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2003–2005
2005–2007
2007–2010
2009–2010
2010–2011
2011–2013
2013–2015
2015
2016
2016
2017
2018
2018
2019–
Fluminense
Ajaccio
Atlético Paranaense
Atlético Goianiense (emp.)
Botafogo (emp.)
Botafogo
São Paulo
Fluminense
Avaí
Ceará
Boavista
Brusque
Magallanes
Brasiliense
0092 000(14)
0053 0000(3)
0082 000(23)
0014 0000(4)
0047 0000(9)
0115 000(12)
0061 000(12)
0017 0000(0)
0004 0000(0)
0008 0000(0)
0008 0000(0)
0008 0000(0)
0001 0000(0)
0005 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 13 de março de 2019.

Antônio Carlos dos Santos Aguiar, mais conhecido como Antônio Carlos (Rio de Janeiro, 22 de junho de 1983), é um futebolista brasileiro que atua como zagueiro, líbero e lateral. Atualmente joga pelo Brasiliense.

Ao longo da carreira, destacou-se também pelos gols de cabeça, tornando-se o zagueiro com mais gols marcados na história dos Campeonatos Brasileiros, com 28 tentos.[3]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Antônio Carlos iniciou-se no futebol profissional atuando pelo Fluminense em 2003.[4] Com certa notoriedade por ser titular, sua trajetória no tricolor carioca ficou marcada por ter feito, de nuca, o gol do título estadual de 2005 nos acréscimos da partida contra o Volta Redonda.[5][6]

Seu bom começo de carreira o credenciou a ser transferido para o futebol europeu, onde defendeu o Ajaccio, da França, a partir de 2005.[7] Embora titular, devido à fragilidade da equipe, encontrou dificuldades em manter o clube na divisão principal do país.

Em 2007, retornou ao futebol brasileiro, ao ser contratado pelo Atlético Paranaense.[8] Por esta equipe, chegou a ser capitão, além de ter sido Campeão Paranaense em 2009. Contudo, em meados desta temporada, em meio a uma crise que assolou ao clube, foi afastado do elenco principal atleticano com outros jogadores. Desta forma, Antônio Carlos foi emprestado ao Atlético Goianiense, que então voltava à Série B. O zagueiro foi peça importante para a consolidação do acesso do clube à Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro.

Botafogo[editar | editar código-fonte]

Ao fim de seu empréstimo ao time goiano, no ano de 2010, o jogador foi novamente emprestado, desta vez ao Botafogo, fazendo Antônio Carlos retornar à sua cidade natal.

Em de dezembro de 2010 foi comprado pelo Botafogo e assinou um contrato até o final de 2014.

Em 2011, marcou seu gol de número 50 pelo time alvinegro no jogo contra o América Mineiro, válido pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro, em 2011 ocorreu um episódio no Engenhão em que Antônio Carlos cabeceou forte e Neneca espalmou, depois disso ele foi afastado do futebol.

São Paulo[editar | editar código-fonte]

2013[editar | editar código-fonte]

Em agosto de 2013, sem chances no Botafogo, foi repassado ao São Paulo, que sofria com a falta de zagueiros após a saída de Rhodolfo e o afastamento de Lúcio.[9] Antônio Carlos fez seu primeiro treino pelo novo clube no dia 16, sexta-feira, devendo ser apresentado na semana seguinte.[10] Na segunda-feira 19, o atleta foi apresentado no CT da Barra Funda, recebendo a camisa número 4 e tendo assinado o contrato até dezembro de 2014. Antônio Carlos, na sua coletiva de oficialização como reforço são-paulino, disse que sua vontade de atuar pelo clube é de "muito tempo" e confia na "superação" do Tricolor, que acumulou parcos 11 pontos em 69 disputados pelo Brasileirão e ocupa a penúltima posição do torneio.[11] Devido às contusões de Paulo Miranda e Édson Silva, a estreia do ex-botafoguense contra o Fluminense, no domingo 25, é quase certa.[12]

Em sua terceira partida pelo clube, a segunda como titular, a vitória por 1 a 0 sobre o Náutico, Antônio Carlos acabou expulso aos 15 minutos da segunda etapa, quando cometeu falta sobre o atacante adversário Rogério.[13]

Em 15 de setembro Antônio Carlos marcou seu primeiro gol com a camisa tricolor, na vitória por 2 a 0 diante do Vasco da Gama, em São Januário, pela 21ª rodada do Brasileirão de 2013.[14]

Em 5 de outubro, parecendo ter virado "artilheiro", Antônio Carlos foi fundamental à vitória são-paulina diante do Vitória, por 3 a 2, no Estádio do Morumbi. O zagueiro inaugurou e fechou o marcador, fazendo, assim, o clube dormir de sábado para domingo fora do Z-4.[15]

Em 30 de outubro mais uma vez Antônio Carlos salvou o São Paulo, em uma excelente partida contra o Nacional de Medellín, zagueiro coloca Tricolor em vantagem, cede empate ao rival colombiano, mas reaparece no fim para assegurar triunfo na Copa Sul-Americana.[16]

No primeiro jogo da semi-final da Sul Americana de 2013, dia 20/11, Antonio Carlos marcou um gol contra quando seu time vencia por 1x0, no Morumbi, tirando assim a vantagem que o São Paulo levaria para o segundo jogo do mata-mata.

2014[editar | editar código-fonte]

Na terceira rodada do Campeonato Paulista, no dia 26 de janeiro de 2014, Antônio Carlos marcou os dois gols que deu a vitória ao São Paulo por 2 a 1, sendo o maio destaque do jogo ao lado do estreante uruguaio Álvaro Pereira.

Na rodada seguinte, o zagueiro-artilheiro fez mais um gol na goleada sobre o Rio Claro, por 6 a 3, no Morumbi.

Em 06 de fevereiro, o zagueiro fez seu quarto gol na sexta rodada do Campeonato Paulista, contra o Paulista, abrindo o placar com a assistência de Álvaro Pereira, no Morumbi.

Já no dia 09 de Março, no Pacaembu, durante o primeiro clássico São Paulo x Corinthians, também pelo Campeonato Paulista o Zagueiro marcou 2 vezes contra seu próprio gol. Mesmo com os 2 gols marcados contra seu próprio time, o São Paulo saiu vitorioso no clássico por 3 a 2.

Na segunda rodada do Campeonato Brasileiro de 2014, Antônio Carlos marcou o gol de empate aos 47 min do segundo tempo,contra o Cruzeiro, terminado em 1 a 1.

Em 28 de junho, Antônio Carlos renovou sem contrato com o Soberano até o final da temporada 2015.

2015[editar | editar código-fonte]

Em 2015, Antônio Carlos amargou a terceira reserva, insatisfeito, acabou pedindo para ser liberado.

Fluminense[editar | editar código-fonte]

Em 28 de abril de 2015, Antônio Carlos assina contrato com o Fluminense um contrato de dois anos, porém, ao final do mesmo ano acabou sendo liberado por não "resolver" o problema da zaga tricolor.[17]

Avaí[editar | editar código-fonte]

Em 26 de fevereiro de 2016, o zagueiro fechou contrato com o Avaí, que estava em busca de um zagueiro mais experiente.[18] No dia 22 de março de 2016, Antônio Carlos solicitou a rescisão de contrato com o clube catarinense, afirmando que estava com vontade de voltar ao Rio de Janeiro e e a sequência de maus resultados.[19]

Ceará[editar | editar código-fonte]

No dia 28 de março de 2016, Antônio Carlos foi anunciado como novo reforço do Ceará.[20] Antônio Carlos chegou sendo utilizado como titular, e sendo o capitão da equipe do Ceará. Machucado e sem espaço, Antônio Carlos deixou o Ceará no decorrer da Série B.

Boavista[editar | editar código-fonte]

No dia 3 de janeiro de 2017, foi confirmado como novo reforço do Boavista, até o final do Campeonato Carioca.[21]

Brusque FC[editar | editar código-fonte]

Reforço para o campeonato Catarinense 2018 no Brusque.

Magallanes[editar | editar código-fonte]

Foi confirmado como novo reforço do Magallanes, para a disputa da Primera B, voltando a atuar com o Loco Abreu.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Fluminense
Atlético Paranaense
Botafogo
Atlético Paranaense
  • Challenger Brazil/USA: 2009[22]
Boavista

Brusque FC

Novo reforço do Brusque Futebol

Referências

  1. "AC"[1]
  2. [2]
  3. «Leonardo Silva é 2º zagueiro com mais gols em Brasileiros». UOL. 1 julho de 2015 
  4. Esporte Interativo - ‘Fábrica de Talentos’ de Xerém já revelou grandes nomes do futebol[ligação inativa]
  5. Terra - Fluminense vence nos acréscimos e é campeão
  6. Futebol Carioca - Antônio Carlos 'prepara a nuca' para protagonizar nova decisão[ligação inativa]
  7. «Canal Fluminense - Antônio Carlos viaja para a França». Consultado em 17 de fevereiro de 2011. Arquivado do original em 1 de fevereiro de 2014 
  8. «Furacão - Contratação de Antonio Carlos também é confirmada». Consultado em 17 de fevereiro de 2011. Arquivado do original em 10 de junho de 2011 
  9. Antônio Carlos é aprovado em exames e reforçará São Paulo
  10. Novo reforço, Antônio Carlos faz primeiro trabalho no São Paulo
  11. Antônio Carlos explica troca do líder pelo São Paulo e vê 'fase de superação'
  12. Regularizado, Antônio Carlos pode estrear no São Paulo
  13. Com um a menos, São Paulo bate lanterna Náutico e pula para 17º
  14. São Paulo vence Vasco por 2 x 0 e deixa zona de rebaixamento
  15. Rogério Ceni se descontrola com pênalti e diz que São Paulo está uma b...
  16. herói-vilão-herói
  17. «Flu apresenta Antônio Carlos, que comemora: "Feliz de voltar para casa». Globo Esporte. 28 de abril de 2015. Consultado em 29 de abril de 2015 
  18. [3]
  19. Zagueiro Antônio Carlos pede para deixar o Avaí
  20. Ceará anuncia pacotão com quatro reforços para a temporada 2016
  21. Boavista acerta com Antônio Carlos e está perto de anunciar Léo Moura
  22. «Furacão vence o III Desafio EUA-Brasil». Arquivado do original em 11 de janeiro de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]