Antônio Cirilo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Antônio Cirilo
Antônio Cirilo em Goiânia, outubro de 2011.
Informação geral
Nome completo Antônio Cirilo da Costa
Também conhecido(a) como Cirilão
Nascimento 7 de julho de 1965 (53 anos)
Origem Rio Vermelho, Minas Gerais
País  Brasil
Gênero(s) Música cristã, Música gospel
Instrumento(s) Violão, Vocal
Extensão vocal Barítono
Período em atividade 2000 - atualmente
Outras ocupações Pastor, Missionário, Escritor, Compositor, Produtor Musical, Arranjador
Gravadora(s) Onimusic (2015)
Graça Music (2011 - 2014)
Som Livre (2009 - 2011)
CanZion Producciones (2000 - 2009)
Afiliação(ões) Santa Geração, Heloisa Rosa, David Quinlan, Nívea Soares
Influenciado(s) Heloisa Rosa, David Quinlan, Nivea Soares
Página oficial [1]

Antônio Cirilo da Costa (Rio Vermelho, Minas Gerais, 07 de julho de 1965) é pastor, cantor e missionário, fundador e líder do ministério de louvor Santa Geração, na Igreja Batista de Contagem, em Minas Gerais. Além disso, é escritor, compositor, arranjador, e produtor musical..

Biografia[editar | editar código-fonte]

Antônio Cirilo da Costa, mais conhecido como Antônio Cirilo, nasceu em 7 de julho[1] de 1965, é filho de lavradores, cresceu em um município do Vale do Jequitinhonha, chamado Rio Vermelho (Minas Gerais). Graças ao êxodo rural, o cantor mudou-se para Belo Horizonte durante a adolescência em busca de uma vida melhor. Se converteu ao cristianismo aos 18 anos de idade. Hoje, pastor e ministro do Evangelho do Senhor Jesus Cristo, é casado com Dalila e pai de Asafe, Vitória e Davi.[2] É escritor, compositor, arranjador, cantor, produtor musical, presidente da Igreja Batista da Contagem,[3] fundador e líder do Santa Geração cuja a missão é alcançar mais e mais vidas, levando-as a uma profunda comunhão com Deus, através da adoração e do ensino da Bíblia Sagrada.[4]

Antônio Cirilo é referência na música gospel e compôs mais de cem músicas em sua carreira, algumas conhecidas pelo público cristão, seu repertório se divide entre baladas e rock com batidas atualizadas, agradando a todas as faixas etárias. Ao longo de sua carreira como músico, Antônio Cirilo soma 25 CDs, três DVDs e três DualDisc (estes foram os primeiros do cenário gospel brasileiro), trabalhos que renderam durante sua caminhada mais de um milhão de cópias vendidas,[5] [6] além de participações em vários outros trabalhos. Seu maior sucesso é a música "Poderoso Deus", título do quarto CD, essa música se tornou um verdadeiro hino entoado em diversas partes do Brasil e do mundo. Outra canção sua, intitulada "Sua Presença é Real", foi primeiro lugar numa rádio secular.[7]

Ousou lançar no mercado gospel brasileiro em primeira mão, o primeiro Dual Disc, cuja tecnologia permite que se tenha um DVD e CD na mesma mídia, um de cada lado do disco, o que segundo ele agrega mais valor em um só produto, tornando mais barato comprar uma mídia contendo CD e DVD, do que separadamente. Como compositor, tem suas canções emplacadas tanto em seus próprios trabalhos como no de alguns cantores evangélicos que as solicitam inclusive em outros idiomas. Além disso, o cantor é inspiração para outros, como David Quinlan e Heloisa Rosa.

O Santa Geração, através da pessoa de Antônio Cirilo, vem ao longo dos anos, contribuindo para o crescimento e edificação da família e do Corpo de Cristo, tanto no Brasil como em várias nações, com muita seriedade e baseado em um testemunho íntegro e real. Isto tem lhe rendido o reconhecimento de líderes em nível nacional e internacional, cuja agenda de compromissos se divide entre os incontáveis convites para o território brasileiro e os inúmeros compromissos no exterior. Suas turnês internacionais já alcançaram vários países da Europa, também Japão, África do Sul, Estados Unidos da América, Canadá e alguns países do Oriente Médio.[7][4]

História[editar | editar código-fonte]

Capa do primeiro CD de Antônio Cirilo, cujo o nome é Toca-me, Senhor Jesus.
Álbum de estreia de Antônio Cirilo "Toca-me, Senhor Jesus".

Antônio Cirilo começou sua carreira musical, lançando o disco Toca-me, Senhor Jesus, no ano de 2000, de forma independente, o álbum contém 12 canções inéditas, com a participação de David Quinlan. No ano seguinte, foi lançado o segundo disco de estúdio, o álbum Adoração Íntima com nove músicas inéditas, também feito de forma independente, contém alguns de seus grandes sucessos "Sua Presença é Real" e "Teu Fluir é Melhor" e teve participações especiais de David Quinlan e Heloísa Rosa.

Capa do álbum de maior sucesso da carreira do cantor, Poderoso Deus.
Disco de maior sucesso de Antônio Cirilo, chegando a ter certificação de Disco de Diamante (mais de um milhão de cópias vendidas)

Em 2002 foram lançados o terceiro e quarto álbuns de estúdios, A Presença da Glória e Poderoso Deus, o primeiro contém dez faixas, sendo nove músicas inéditas e uma faixa de busca a Deus, nesse disso se destacam as músicas "Enche este lugar", que teve uma participação especial de David Quinlan, essa música posteriormente  foi regravada por ele em seu álbum solo Fogo e Glória Curitiba, e a música "Intimidade" interpretada por Nívea Soares. Já o segundo disco, contém oito canções inéditas, com destaque a música que dá título ao CD e contém participações de David Quinlan, Heloísa Rosa e Nívea Soares. A canção Poderoso Deus ficou nacionalmente conhecida no mesmo ano em que foi lançada, durante o 3º Congresso de Louvor e Adoração Diante do Trono, no qual o pastor foi convidado por Ana Paula Valadão, líder do Diante do Trono, para ministrar durante o evento na Igreja Batista da Lagoinha e ao cantar a música, toda a igreja entoou a canção junto, haviam mais de sete mil pessoas no local. A música fez tanto sucesso que foi regravada em diversas línguas e se tornou um sucesso no país, sendo até mais conhecida que o próprio pastor e o ministério. Esse álbum vendeu mais de um milhão de cópias, contribuindo decisivamente para o sucesso do ministério Santa Geração,[8] o disco ainda recebeu a certificação de Disco de Diamante, por mais de um milhão de cópias vendidas.[9] [10][11]

No ano de 2003 também houve dois discos lançados, o quinto álbum de estúdio e o primeiro disco ao vivo. O quinto álbum de estúdio foi Coração em Arrependimento, considerado o disco mais coeso, apresentou uma evolução musical em relação ao álbum anterior e contém 8 músicas inéditas, com a participação especial de Heloísa Rosa na canção "Sangue precioso",[12] esse álbum também é considerado pelo Super Gospel como um dos 100 melhores álbuns dos anos 2000.[13] O sexto disco gravado por Antônio Cirilo, é também o primeiro ao vivo, Cetro de Justiça foi gravado ao vivo na Igreja Batista Angelim, em São Luís do Maranhão, o álbum é um pouco menor que os anteriores, porém só em número de faixas, são apenas sete, mas com durações longas, diferentemente dos outros álbuns, esse começa com um instrumental e uma ministração, depois parte para a primeira música "Eu sou do meu Amado". A sexta faixa do álbum "Prova de Amor", mesmo que não pareça, foi gravada em estúdio. Esse álbum acrescentou um estilo mais “congregacional” junto à participação ao vivo da igreja, pois se diferenciou dos álbuns anteriores que tinham uma pegada mais "devocional",[14] o disco contou com cinco músicas inéditas e participações especiais de David Quinlan (presença carimbada em todos os CDs até aqui) e pastora Gláucia Rosane.

2004 foi um ano muito bom para Antônio Cirilo, pois lançou três discos e um DVD e também estreou o seu programa na Rede Super de Televisão. O primeiro trabalho musical a ser lançado nesse ano foi o álbum Rasgue os Céus e Desce, o sétimo disco da carreira do cantor e o segundo ao vivo, foi gravado no Espaço Gospel da Igreja Presbiteriana em Contagem (MG), com boa produção, na linha musical tem muitas semelhanças com o disco anterior, o álbum contém oito faixas, sete dessas são músicas inéditas, apenas a primeira música se divide em duas faixas, o disco conta com a participação especial de Nívea Soares e os back vocais Juliana Barros, João e Helena Tanure,[15] se destaca desse CD a música “O Som da Alegria” que mais tarde viria a ser regravada. O segundo disco lançado nesse ano foi Inocente Pelo Sangue de Jesus é o sexto álbum gravado em estúdio e o oitavo disco lançado por Antônio Cirilo, esse disco vem com nove músicas inéditas, se destacam desse CD, “Eu dançarei ao Senhor” com participação especial de Graciela Gomes[16] e “O Senhor é Bom”, música que se tornou um hino entoado em muitas igrejas do Brasil, também teve uma participação especial de Patrícia Costa na música “Eu não Posso Viver sem Ti”. O terceiro disco lançado nesse mesmo ano foi uma surpresa, um disco em italiano, Calice Della Salvezza, não traz músicas, nem arranjos novos, são apenas regravações de músicas de autoria de Antônio Cirilo, só que agora em italiano, se destacam nesse CD, as músicas “Onipotente Dio” (Poderoso Deus), “Vieni Qui Tra Noi” (Enche Este Lugar) e “La Tua Presenza e Real” (Sua Presença é Real), músicas que fizeram sucesso no Brasil, o disco contém oito faixas. O DVD Encontro de Avivamento foi gravado durante o culto de avivamento na Igreja Batista da Lagoinha em Belo Horizonte, o trabalho contém oito faixas, contém algumas regravações, ministrações espontâneas e uma mensagem.

O programa Santa Geração foi ao ar no ano de 2004, após passar um tempo desde a participação de Antônio Cirilo no 3º Congresso Internacional de Louvor e Adoração Diante do Trono, pois a Rede Super passou a ser de autoria da Igreja Batista da Lagoinha, o programa ia ao ar toda segunda às 22h. No dia primeiro de agosto de 2011, o Programa Santa Geração passou por uma reformulação, nesse novo formato as músicas passaram a ser em forma de clipes elaborados, produzidos pela Rede Super em ambientes diferenciados, com tratamento de imagens, já as gravações em estúdio são realizadas em croma, possibilitando um formato mais sofisticado.[17][18] O programa ficou no ar até 2012, quando houve um hiato de dois anos, retornando no dia 3 de abril de 2014, para a segunda temporada do programa, só que em horário e dia diferentes, dessa vez indo ao ar toda quinta às 19h15 e sendo reprisado na sexta-feira às 17h. O programa permaneceu no ar até 2016, sendo colocado na íntegra no canal do YouTube que até o momento tinha o nome de “Santa Geração TV”.[19][20][21]

Mais dois discos foram lançados em 2005. O nono álbum da série Santa Geração, Eleva-me, Senhor!, esse disco também conta com oito faixas, todas são músicas inéditas, conta com a participação especial de Patrícia Costa na música “Invocação”,[22] se destacam as músicas “Triunfo de Cristo” e “Mil canções”. O décimo CD da série Santa Geração, foi o álbum Mais Fogo, Mais Glória, o terceiro ao vivo, gravado no Congresso Fogo e Glória em julho de 2005,[23] é o primeiro álbum duplo (mídia com dois CDs) da carreira musical do cantor, o primeiro disco conta com sete faixas, seis músicas inéditas e uma regravação da música “O Senhor é Bom” (música que consta no CD Inocente Pelo Sangue de Jesus) em inglês ‘The Lord is Good”, o segundo disco conta com duas faixas, uma ministração e uma música do pastor.

Jesus Adorado foi gravado ao vivo no Encontro Fogo e Glória que aconteceu em julho de 2005 e lançado no ano seguinte, o projeto se originou de uma parceria entre os ministérios Santa Geração e Uma Chamada Para as Nações, parceria que também gerou outros álbuns com participações de Antônio Cirilo.[24] Diferentemente dos outros trabalhos dessa parceria, Jesus Adorado tem todas as suas faixas interpretadas por Cirilo, o álbum contém sete faixas, com três músicas inéditas, a canção que dá título ao disco, “I Like to See You” e “Teu Nome é o meu Perfume”, e duas regravações “Faça-me ouvir” (presente no álbum Mais Fogo, Mais Glória, o que muda é somente o nome, que nesse disco é “Faça-me ouvir, faça-me sentir”) e “Santo é o Senhor” (presente no álbum Rasgue os Céus e Desce).

Em 2006, foram lançados os dois primeiros DualDisc (mídia com dois lados, um CD e o outro DVD) gospel no Brasil, foram gravados em 2002 no III Congresso Internacional de Louvor e Adoração, na Igreja Batista da Lagoinha.[25][26] O primeiro tem o título Adoração Como Arma de Ataque, esse DualDisc contém duas músicas no lado CD, uma inédita “Herói da Minha Vida” e uma regravação da música “Poderoso Deus”, no lado DVD contém a mensagem que dá nome ao disco. O segundo tem o título parecido com o primeiro, só mudando o final, Adoração Como Arma de Defesa também vem com duas faixas no lado CD, duas regravações das músicas “Intimidade” (presente no álbum A Presença da Glória) e “Não há outro como Tu” (presente no álbum Poderoso Deus), no lado DVD, vem a mensagem que dá título à obra.

Também em 2006 foram lançados mais três CDs. Um destes somente com mensagens chamado de E o Fogo Arderá, que traz duas faixas, uma delas com intercessão e outra que dá título ao CD.[26] Tu és tão Lindo, é o oitavo álbum de estúdio e o décimo primeiro da série Santa Geração, apesar de ser um álbum de estúdio, há duas faixas ao vivo, uma regravação da música “Jesus, Jesus, Jesus” (presente no primeiro CD de Antônio Cirilo, Toca-me, Senhor Jesus) e a outra é “Aba Pai”, contando com essas, o disco contém oito faixas.[27] O outro CD desse ano é o álbum Mais de Deus, o décimo segundo da série Santa Geração, contendo oito faixas, sendo três canções gravadas em estúdio e cinco ao vivo, dessas, duas são regravações de trabalhos anteriores “Intimidade” e “Tua Presença é Real”, as outras seis músicas são inéditas, [28] há também uma participação especial de Joice na música título do trabalho.

Deus de Milagres é o terceiro DualDisc lançado por Antônio Cirilo, foi gravado ao vivo em São Paulo em setembro de 2006[29] e lançado em 2007, é o décimo nono trabalho do cantor, contabilizando todos os discos lançados até aqui. O lado CD contém seis faixas, com quatro músicas inéditas, uma regravação de “Enche este Lugar” (presente no álbum A Presença da Glória) e uma mensagem ministrada pelo pastor. No lado DVD, repetem quase todas as faixas disponíveis no CD, com alguns acréscimos, uma faixa de abertura, mais duas regravações, “Eu Sou do Meu Amado” e “Tu és Adorado” (presentes no álbum Cetro de Justiça), uma faixa com outra mensagem do pastor e os extras, totalizando onze faixas.

O décimo terceiro trabalho da série Santa Geração é o álbum Faz-me Fluir, lançado em 2007, também conta com oito faixas, dessas, duas são regravações, “O Senhor é o Meu Pastor” (presente no álbum Adoração Íntima com o nome “Salmo 23”) e a música que mais fez sucesso na carreira do cantor, “Poderoso Deus” (presente no disco de mesmo nome), o álbum também contém cinco músicas inéditas e uma faixa de ministração.[30]

No ano de 2008, foram feitos dois trabalhos, um CD e um CD/DVD. Disponível é o décimo quarto álbum da série Santa Geração e o quarto gravado ao vivo, o disco contém sete faixas, incluindo uma ministração e seis músicas inéditas. Eu sou de Deus, também descrito no encarte por Antônio Cirilo como Deus de Milagres 2, é um CD/DVD, no estilo do “primeiro” Deus de Milagres, no CD são apenas quatro faixas, a primeira é faixa de introdução, a segunda tem o título que dá nome ao disco, é a única música inédita do disco, a terceira é uma regravação, “Canção da Alegria” (presente no CD Rasgue os Céus e Desce, com o nome “Som da Alegria”) e a última faixa é uma mensagem pregada pelo pastor, no DVD começa com uma ministração de Antônio Cirilo e entra Judson de Oliveira, para continuar a ministração e depois entrar na sequência descrita no CD, após a terceira faixa há algumas inclusões, a música “Teus filhos clamam por Ti”, uma ministração em conjunto com a música “Poderoso Deus”, outra ministração em conjunto com a música “Aleluia ao Cordeiro” e para encerrar a ministração que também está no CD.

Em 2009, o ministério Santa Geração representado pela pessoa de Antônio Cirilo, assinou a produção e distribuição pela Som Livre e o primeiro fruto dessa parceria foi o CD Descanso, lançado nesse mesmo ano, esse disco contém nove faixas, todas são músicas inéditas, com participação especial de David Quinlan nas músicas “Filho de Deus” e “Te adoramos”. O estilo único de composição e adoração do cantor é presente nesse disco, porém o álbum é um pouco diferente de todos os anteriores, com músicas “quadradinhas” e destaque para a guitarra que se destaca ao longo do trabalho.

O segundo e último trabalho lançado com o selo Som Livre, foi em 2010.[31] A Essência é Jesus é o vigésimo quarto trabalho do cantor, gravado ao vivo, o álbum traz nove faixas, dessas, quatro são músicas inéditas, a canção que dá título ao CD, “Ó Minh’alma”, “Adoramos” e “Derrama Tua Glória Senhor”, duas são ministrações e três são regravações, “Jesus eu Te amo” (presente no CD Cetro de Justiça) com a participação de Jason Lee Jones (na parte em inglês da música), Judson de Oliveira e Juliana Ribeiro, “Deus de milagres” (presente no CD de mesmo nome) e uma nova roupagem de “Canção da Alegria” (presente no CD Rasgue os Céus e Desce, com o nome “Som da Alegria”).

Em 2011, Antônio Cirilo junto com seus amigos David Quinlan e Nívea Soares, gravaram um clipe com a banda Som do Céu de Moçambique, a música é cantada no dialeto local e também em português. Alex Passos após ouvir dos rapazes da banda, que eles gostariam de gravar uma música com cantores brasileiros, ficou emocionado e decidiu presenteá-los com esse clipe.[32]

Também em 2011, mais precisamente no dia 26 de abril, estreia no YouTube o canal Santa Geração TV, que a princípio serviria para colocar os programas que passavam na Rede Super no canal, depois passando a ser um canal de comunicação com o público, se tornou algo mais pessoal, com o cantor subindo vídeos de suas pregações e ministrações. No canal contém todas as suas obras na íntegra, todos os CDs, DVDs e DualDisc. No ano de 2018 o canal passou a ter outro nome, o próprio nome do cantor Antônio Cirilo, já que o mesmo se dedica a enviar vídeos quase que diariamente para o canal.

Capa do álbum de estúdio Deus é Glorioso.
Primeiro álbum com selo da Graça Music, também recebeu um Disco de Ouro.

Após um período de conversas entre o cantor e a gravadora, foi assinado no dia 19 de julho de 2011 um contrato com a Graça Music.[1][33][2]

Com início das gravações em 8 de agosto de 2011,[2] o álbum Deus é Glorioso foi produzido por Ruben di Souza e gravado no estúdio Mosh (considerado um dos melhores do país), em São Paulo. Foi o primeiro disco lançado com o selo da Graça Music.[34] Lançado em novembro de 2011,[35] esse álbum é o vigésimo quinto trabalho do cantor e conta com uma sonoridade diferente dos anteriores, conta com doze faixas, uma regravação e releitura da música “Eu Te buscarei” (presente no disco Mais Fogo, Mais Glória), uma faixa de oração e dez músicas autorais, com participações especiais de seus filhos e esposa na música “Jesus, Fonte de Vida”,[2][35] uma participação especial de Júlia Ribas na música “Meu Louvor” e participações de seus discípulos da Igreja Batista de Contagem (MG) ao longo do álbum. Esse álbum foi o mais diferente dos discos gravados, com músicas com durações menores, algo que não era normal nos primeiros discos de sua carreira, a diferença não está somente na sonoridade e na duração, mas também na quantidade de faixas no álbum, são doze, até esse disco, seus álbuns sempre tinham entre sete e nove faixas.[35][36]

No dia 15 de fevereiro de 2012, o cantor recebeu a certificação de Disco de Ouro pelas 40 mil cópias vendidas do álbum Deus é Glorioso, lançado pela Graça Music no ano de 2011, o prêmio foi entregue ao final do Encontro de Avivamento que aconteceu na Igreja Batista da Contagem.[37][3]

Houve o lançamento, na ExpoCristã 2012,[38] de mais um trabalho pela Graça Music, o DVD Músicas e Mensagens, com vinte faixas, que mescla, tirando apenas a música “O Cálice e o Pão”, todas as músicas lançadas no disco Deus é Glorioso, só que em forma de clipes e mensagens, são dez faixas de música e dez de mensagens, o trabalho também conta com o making of. O projeto foi gravado nas cidades de Belo Horizonte e Rio de Janeiro. A direção de vídeo ficou por conta de PC Junior e o projeto gráfico foi assinado por Lincoln Baena.

Em junho de 2013 começaram os trabalhos de gravação do novo disco a ser lançado, no estúdio Ultra Music, localizado em Belo Horizonte (MG), com produção musical do próprio cantor, a parte de pós-produção foi feita em Nova York. Foram cogitadas várias participações especiais durante as gravações, além dos cantores que fizeram participações, foram chamados Fernanda Brum e Thalles Roberto, porém como justificado por Antônio Cirilo, por conta da agenda apertada, não puderam participar.[39][40][41][42][43]

O segundo e último disco com o selo da Graça Music, foi lançado em 2014, após a segunda metade do ano anterior em produção, pós-produção e masterização. Canção da Eternidade, descrito pelo cantor como “retorno às raízes do Santa Geração, mas usando os recursos atuais”,[44] é o vigésimo sexto trabalho do cantor, o disco conta com doze faixas, com treze músicas inéditas, incluindo a faixa “Medley” que contém duas canções e participações especiais de David Quinlan na música “Aquece o meu Coração” e de Nívea Soares nas músicas “Santa Geração” (música com o mesmo nome de uma do primeiro disco, mas com letra diferente) e “Profetizarei”.[45]

Em setembro de 2015 foi lançado o álbum Minha Vida Mudou, o vigésimo sétimo trabalho do cantor, um destaque desse CD é que suas cordas foram gravadas na Rússia,[46] o disco contém 12 faixas, dez delas são canções inéditas e há duas regravações, “Som da Alegria” (presente no álbum Rasgue os Céus e Desce) e um remix de “Eu sou do meu Amado” (presente no álbum Cetro de Justiça). A distribuição digital e física foi feita pela Onimusic.[47]

Em 2016, Antônio Cirilo passou o primeiro semestre nos Estados Unidos, para um tempo de aprendizado, retornando ao Brasil no segundo semestre do mesmo ano.[48]

No ano de 2018, o cantor lançou seu vigésimo oitavo trabalho, intitulado de Amado Meu, vem com catorze faixas, sendo sete músicas e sete playbacks, dessas faixas, duas são regravações, uma em inglês, que é a primeira faixa do álbum, “Come in This Place” é uma versão de “Enche este Lugar” (presente no álbum A Presença da Glória) e a outra uma releitura “Triunfo de Cristo” (presente no CD Eleva-me, Senhor!), as outras cinco faixas são músicas inéditas, destaque para a música título Amado Meu (Simplesmente Jesus).

Antônio Cirilo também fez participações especiais em alguns álbuns, um deles é o álbum Som da Chuva 4 do Ministério Uma Chamada Para as Nações, ele cantou três músicas, elas são “Jesus, Meu Primeiro Amor”, “Eu não Posso Viver sem Ti” e “Não há outro como Tu”.[49] Outro álbum que há uma participação especial de Cirilo é Anseio Ardente do Ministério Asas da Adoração, esse disco foi fruto de uma parceria entre os ministérios.[27]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Ano Título Gravação Tipo Prêmios
2000 Toca-me, Senhor Jesus álbum de estúdio musical -
2001 Adoração Íntima álbum de estúdio musical -
2002 A Presença da Glória álbum de estúdio musical -
2002 Poderoso Deus álbum de estúdio musical Disco de Diamante
2003 Coração em Arrependimento álbum de estúdio musical 73º melhor álbum gospel dos anos 2000 [2]
2003 Cetro de Justiça álbum ao vivo musical -
2004 Rasgue os Céus e Desce álbum ao vivo musical -
2004 Inocente Pelo Sangue de Jesus álbum de estúdio musical -
2004 Calice Della Salvezza (em italiano) álbum de estúdio musical -
2004 Encontro de Avivamento DVD músicas e mensagens -
2005 Eleva-me, Senhor! álbum de estúdio musical -
2005 Mais Fogo, mais Glória álbum ao vivo (duplo) musical e mensagens -
2006 Jesus Adorado álbum ao vivo musical -
2006 Adoração como Arma de Ataque DualDisc músicas e mensagem -
2006 Adoração como Arma de Defesa DualDisc músicas e mensagem -
2006 E o fogo Arderá CD ao vivo mensagens -
2006 Tu És Tão Lindo álbum de estúdio musical -
2006 Mais de Deus álbum ao vivo musical -
2005 Deus de Milagres DualDisc ao vivo músicas e mensagem -
2007 Faz-me Fluir álbum de estúdio musical -
2008 Disponível álbum ao vivo musical -
2008 Eu Sou de Deus álbum ao vivo músicas e mensagem -
2009 Descanso álbum de estúdio musical -
2010 A Essência é Jesus álbum ao vivo musical -
2011 Deus é Glorioso álbum de estúdio musical Disco de Ouro
2012 Músicas e Mensagens DVD músicas e mensagens -
2014 Canção da Eternidade álbum de estúdio musical -
2015 Minha vida mudou álbum de estúdio musical -
2018 Amado Meu álbum de estúdio musical -

Videografia[editar | editar código-fonte]

  • 2004: Encontro de Avivamento
  • 2006: Adoração como Arma de Ataque
  • 2006: Adoração como Arma de Defesa
  • 2007: Deus de Milagres
  • 2008: Eu Sou de Deus
  • 2012: Músicas e Mensagens

Programas de Televisão[editar | editar código-fonte]

  • Programa Santa Geração - Primeira Temporada - 2004-2012
  • Programa Santa Geração - Segunda Temporada - 2014-2016

Referências

  1. a b Guiame (20 de julho de 2011). «Pr Antônio Cirilo assina contrato com a Graça Music». Guiame. Consultado em 11 de março de 2019 
  2. a b c d Guiame (24 de novembro de 2011). «Antônio Cirilo lança CD pela Graça Music,com produção de Ruben diSouza». Guiame. Consultado em 11 de março de 2019 
  3. a b Guiame (16 de fevereiro de 2012). «Unção e emoção marcam a noite em que o pastor Antônio Cirilo recebe o Disco de Ouro pela venda de mais de 40 mil cópias do seu recente trab». Guiame. Consultado em 11 de março de 2019 
  4. a b «Santa Geração». Santa Geração. Consultado em 11 de março de 2019 
  5. «Santa Geração: Discografia, cifras, letras, etc - Super Gospel». www.supergospel.com.br. Consultado em 11 de março de 2019 
  6. Chagas, Tiago (17 de fevereiro de 2012). «Antônio Cirilo recebe Disco de Ouro pelo CD Deus é Glorioso». Gospel+ Música Cristã, Evangélica, Gospel. Consultado em 11 de março de 2019 
  7. a b letras. «Biografia de Antônio Cirilo | LETRAS». www.letras.com.br. Consultado em 11 de março de 2019 
  8. Egert, Elisângela (31 de março de 2018). «Na estrada com o Pastor Antônio Cirilo». Comunhão. Consultado em 12 de março de 2019 
  9. «"Poderoso Deus"». Lagoinha. Consultado em 12 de março de 2019 
  10. Guiame (17 de setembro de 2012). «Ministério Santa Geração divulga uma matéria especial sobre os 10 anos da canção». Guiame. Consultado em 12 de março de 2019 
  11. «"Poderoso Deus"». Lagoinha. Consultado em 12 de março de 2019 
  12. «CD Coração em arrependimento (Santa Geração) - Análise». www.supergospel.com.br. Consultado em 12 de março de 2019 
  13. «100 melhores álbuns dos anos 2000». www.supergospel.com.br. Consultado em 12 de março de 2019 
  14. «CD Cetro de justiça (Santa Geração) - Análise». www.supergospel.com.br. Consultado em 12 de março de 2019 
  15. «CD Rasgue os céus e desce (Santa Geração) - Análise». www.supergospel.com.br. Consultado em 12 de março de 2019 
  16. «CD Inocente pelo sangue de Jesus (Santa Geração) - Análise». www.supergospel.com.br. Consultado em 12 de março de 2019 
  17. «Pr. Cirilo estreia novo formato de seu programa de TV - Gospel+ Música Cristã Evangélica». Gospel+ Música Cristã, Evangélica, Gospel. 2 de agosto de 2011. Consultado em 12 de março de 2019 
  18. Guiame (29 de julho de 2011). «Programa de TV Santa Geração estréia formato inovador». Guiame. Consultado em 12 de março de 2019 
  19. «Programa Santa Geração reestreia nesta quinta-feira na Rede Super». Lagoinha. Consultado em 12 de março de 2019 
  20. «Santa Geração, com pastor Antônio Cirilo, reestreia na Rede Super». Rede Super. 3 de abril de 2014. Consultado em 12 de março de 2019 
  21. Guiame (4 de abril de 2014). «Pr. Antônio Cirilo comenta volta de seu programa de TV: "Revelador"». Guiame. Consultado em 12 de março de 2019 
  22. «CD Eleva-me (Santa Geração) - Análise». www.supergospel.com.br. Consultado em 12 de março de 2019 
  23. «CD Mais fogo, mais glória (Santa Geração) - Análise». www.supergospel.com.br. Consultado em 12 de março de 2019 
  24. «CD Jesus Adorado (Santa Geração) - Análise». www.supergospel.com.br. Consultado em 12 de março de 2019 
  25. «CD/DVD Adoração como arma de ataque (Santa Geração) - Análise». www.supergospel.com.br. Consultado em 12 de março de 2019 
  26. a b «CD/DVD Adoração como arma de defesa (Santa Geração) - Análise». www.supergospel.com.br. Consultado em 12 de março de 2019 
  27. a b «CD Tu és lindo .... (Santa Geração) - Análise». www.supergospel.com.br. Consultado em 12 de março de 2019 
  28. «CD Mais de Deus (Santa Geração) - Análise». www.supergospel.com.br. Consultado em 12 de março de 2019 
  29. «CD Deus de Milagres (Santa Geração) - Análise». www.supergospel.com.br. Consultado em 12 de março de 2019 
  30. «CD Faz-me Fluir (Santa Geração) - Análise». www.supergospel.com.br. Consultado em 12 de março de 2019 
  31. Barbosa, Everson (20 de fevereiro de 2011). «Santa Geração: novo CD "A essência é Jesus" é lançado pela Som Livre - Gospel+ Música Cristã Evangélica». Gospel+ Música Cristã, Evangélica, Gospel. Consultado em 12 de março de 2019 
  32. Barbosa, Everson (15 de setembro de 2011). «Nívea Soares, David Quilan e Antônio Cirilo gravam clipe com cantores africanos - Gospel+ Música Cristã Evangélica». Gospel+ Música Cristã, Evangélica, Gospel. Consultado em 12 de março de 2019 
  33. Egert, Elisângela (21 de julho de 2011). «Pastor Antonio Cirilo assina com Graça Music». Comunhão. Consultado em 12 de março de 2019 
  34. Chagas, Tiago (20 de dezembro de 2011). «"Deus é Glorioso", novo CD do Pastor Antônio Cirilo». Gospel+ Música Cristã, Evangélica, Gospel. Consultado em 12 de março de 2019 
  35. a b c «CD Deus é Glorioso (Santa Geração) - Análise». www.supergospel.com.br. Consultado em 12 de março de 2019 
  36. Guiame (25 de abril de 2012). «Análise do CD "Deus é Glorioso" - Pr. Antônio Cirilo». Guiame. Consultado em 12 de março de 2019 
  37. Chagas, Tiago (17 de fevereiro de 2012). «Antônio Cirilo recebe Disco de Ouro pelo CD Deus é Glorioso». Gospel+ Música Cristã, Evangélica, Gospel. Consultado em 12 de março de 2019 
  38. Martins, Dan (6 de setembro de 2012). «Pastor Antônio Cirilo vai lançar seu novo DVD na ExpoCristã 2012». Gospel+ Música Cristã, Evangélica, Gospel. Consultado em 12 de março de 2019 
  39. Chagas, Tiago (12 de julho de 2013). «Fernanda Brum fará participação especial no novo CD de Antônio Cirilo». Gospel+ Música Cristã, Evangélica, Gospel. Consultado em 12 de março de 2019 
  40. Chagas, Tiago (12 de julho de 2013). «Fernanda Brum fará participação especial no novo CD de Antônio Cirilo». Gospel+ Música Cristã, Evangélica, Gospel. Consultado em 12 de março de 2019 
  41. Chagas, Tiago (31 de outubro de 2013). «Pastor Antônio Cirilo apresenta capa do CD "Canção da Eternidade"». Gospel+ Música Cristã, Evangélica, Gospel. Consultado em 12 de março de 2019 
  42. Chagas, Tiago (1 de novembro de 2013). «Pastor Antônio Cirilo comenta ausências no CD "Canção da Eternidade"». Gospel+ Música Cristã, Evangélica, Gospel. Consultado em 12 de março de 2019 
  43. Guiame (14 de agosto de 2013). «Pastor Antônio Cirilo inicia mais uma semana de gravação de novo álbum». Guiame. Consultado em 12 de março de 2019 
  44. Guiame (25 de novembro de 2013). «Pr. Cirilo sobre novo CD: "É um retorno às raízes do Santa Geração"». Guiame. Consultado em 12 de março de 2019 
  45. Guiame (10 de março de 2014). «Pr. Antônio Cirilo anuncia lançamento oficial de seu novo CD». Guiame. Consultado em 12 de março de 2019 
  46. Guiame (18 de junho de 2015). «Pr. Antônio Cirilo prepara lançamento do CD 'MVM - Minha Vida Mudou'». Guiame. Consultado em 12 de março de 2019 
  47. «Minha Vida Mudou (Pr Antonio Cirilo – Santa Geração) - Lançamento». www.supergospel.com.br. Consultado em 12 de março de 2019 
  48. Guiame (1 de março de 2016). «Pr. Cirilo fala sobre mudanças no ministério: "Deus restaurou coisas que eu havia perdido"». Guiame. Consultado em 12 de março de 2019 
  49. «CD Som da chuva 4 (Som da Chuva) - Análise». www.supergospel.com.br. Consultado em 12 de março de 2019 
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) cantor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.