Antônio Clemente Pinto Filho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Armas do conde de São Clemente.

Antônio Clemente Pinto Filho, primeiro barão, visconde e conde de São Clemente ComCComNSC (Rio de Janeiro, 15 de setembro de 1830Nova Friburgo, 21 de janeiro de 1898) foi um brasileiro fazendeiro, negociante e veador da imperatriz, tendo exercido funções na diretoria de algumas instituições públicas e no Paço.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho de Antônio Clemente Pinto, primeiro barão de Nova Friburgo, e de Laura Clementina da Silva; era irmão de Bernardo Clemente Pinto Sobrinho, conde de Nova Friburgo. Casou-se com Maria José Fernandes Chaves, filha do barão de Quaraim, em 27 de abril de 1859. Sua esposa, Maria José Fernandes Chaves, era ainda sobrinha de Antônio Rodrigues Fernandes Braga, e prima-irmã de Cecília Fernandes Braga, esta casada com o conde de Nioaque; e Ana Joaquina Fernandes Braga, esta casada com o segundo barão de Andaraí.

Foi diretor da Caixa Econômica e Monte de Socorro do Rio de Janeiro. Após o falecimento dos pais, vendeu o prédio que viria a ser chamado de Palácio do Catete, para um grupo de investidores, que fundou a Companhia Grande Hotel Internacional, transformando o palácio em um hotel de luxo que durou pouco tempo.

Moço fidalgo da casa imperial, foi agraciado grande dignitário da Imperial Ordem da Rosa e comendador da Imperial Ordem de Cristo, da Ordem Militar de Cristo e da Ordem de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa, entre outras.

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.