Antônio Fernando Brochini

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Antônio Fernando Brochini, CSS
Bispo da Igreja Católica
Bispo de Itumbiara
Hierarquia
Papa Francisco
Arcebispo metropolita Washington Cruz, CP
Superior geral Andrea Meschi, CSS
Atividade Eclesiástica
Congregação Congregação dos Sagrados Estigmas de Nosso Senhor Jesus Cristo
Diocese Diocese de Itumbiara
Nomeação 15 de outubro de 2014
Entrada solene 3 de janeiro de 2015
Predecessor Antônio Lino da Silva Dinis
Mandato incumbente
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 8 de dezembro de 1973
Nomeação episcopal 12 de dezembro de 2002
Ordenação episcopal 3 de março de 2002
por Luíz Eugênio Pérez
Lema episcopal Testemunho de Comunhão
Brasão episcopal
Brasão Dom Fernando Brochini.png
Dados pessoais
Nascimento Rio Claro
10 de novembro de 1946 (72 anos)
Nacionalidade brasileiro
Funções exercidas - Bispo-coadjutor de Jaboticabal (2002-2003)
- Bispo de Jaboticabal(2003-2014)
dados em catholic-hierarchy.org
Bispos
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Dom Antônio Fernando Brochini CSS (Rio Claro, 10 de novembro de 1946) é um padre estigmatino e bispo católico brasileiro. Nasceu em Rio Claro, filho de Paschoal Hércules Brochini e Guiomar Baumgartner Brochini.

Educação[editar | editar código-fonte]

Em 1958, após seus estudos primários, ingressou na Escola Apostólica Santa Cruz, dos Estigmatinos, em sua terra natal. Fez os estudos ginasial e colegial em Ribeirão Preto, no Instituto Missionário Venerável Gaspar Bertoni. Em Campinas, cursou Filosofia no Instituto Estigmatino, cuja conclusão aconteceu no ano de 1967. Na Pontifícia Universidade Católica de Campinas, entre 1967 e 1970, licenciou-se em Pedagogia, especializando-se posteriormente em Administração Escolar e Supervisão Educacional. De 1970 a 1973 cursou Teologia no Instituto João XXIII, na capital paulista, sendo que nesta mesma época exerceu a função de vice-diretor do Instituto de Ensino Sagrada Família, em São Caetano do Sul, São Paulo.

Presbiterado[editar | editar código-fonte]

Fez sua profissão religiosa em 3 de fevereiro de 1973 e foi ordenado sacerdote aos 8 de dezembro do mesmo ano.

Atividades durante o presbiterado[editar | editar código-fonte]

Suas principais atividades entre 1974 e 2001 na Província Estigmatina foram: formador do Seminário Menor, Superior local e Provincial em Morrinhos, Estado de Goiás, de 1974 a 1988; diretor do Ginásio Senador Hermenegildo Moraes em Morrinhos, em 1978 e 1979; Mestre de Noviços, em Morrinhos em 1986 e 1987; formador dos estudantes Professos Estigmatinos e diretor do Instituto de Filosofia e Teologia de Goiás - IFITEG, em 1988; Superior Provincial em Brasília e Morrinhos (1988-1994); Pároco de Nossa Senhora do Carmo, em Morrinhos (1990-1991); Formador dos Estudantes de Filosofia e Diretor Administrativo do IFITEG (1994-1997); Superior Provincial em Goiânia (1997-2001).

Episcopado[editar | editar código-fonte]

Em 12 de dezembro de 2001 foi nomeado bispo coadjutor de Jaboticabal e recebeu a ordenação episcopal no dia 3 de março do ano seguinte.[1] Tornou-se bispo diocesano no dia 25 de junho de 2003, sucedendo a Dom Luiz Eugênio Perez.[2] Seu lema episcopal é "Testemunho de Comunhão".[3]

Em 15 de outubro de 2014, o Papa Francisco o nomeou bispo da Diocese de Itumbiara.[4]

Referências

  1. «Bishop Fernando Antônio Brochini, C.S.S.» (em inglês). Consultado em 19 de janeiro de 2013 
  2. «Jaboticabal (diocese)» (em inglês). Consultado em 24 de janeiro de 2011 
  3. «Dom Antonio Fernando Brochini». Diocese de Jaboticabal. Consultado em 19 de janeiro de 2013 
  4. «Diocese of Itumbiara» (em inglês). Consultado em 15 de outubro de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Luiz Eugênio Perez
Brasão episcopal.
Bispo de Jaboticabal

2002 - 2014
Sucedido por
Eduardo Pinheiro da Silva
Precedido por
Antônio Lino
Brasão episcopal.
Bispo de Itumbiara

2014 - atual
Sucedido por
incumbente