Antônio Francisco Neto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Antonio Francisco Neto
Antonio Francisco Neto
19º Prefeito de Volta Redonda
Período 1º de janeiro de 1997
a 31 de dezembro de 2004
Antecessor(a) Paulo Baltazar
Sucessor(a) Gothardo Lopes Netto
21º Prefeito de Volta Redonda
Período 1º de janeiro de 2009
a 27 de agosto de 2013

30 de agosto de 2013
a 31 de dezembro de 2016[nota 1]

Antecessor(a) Gothardo Lopes Netto

América Tereza

Sucessor(a) América Tereza

Samuca Silva

24º Prefeito de Volta Redonda
Período 1º de janeiro de 2021
a atualmente
Antecessor(a) Samuca Silva
Dados pessoais
Nascimento 29 de maio de 1956 (65 anos)
Volta Redonda
Partido PL; PSB; PMDB e DEM
Profissão empresário

Antônio Francisco Neto, ou simplesmente Neto (Volta Redonda, 29 de maio de 1956), é um político brasileiro, atual prefeito da cidade de Volta Redonda, no estado do Rio de Janeiro, Brasil.

Primeiro prefeito da cidade nascido após sua emancipação - até 1954 Volta Redonda era distrito de Barra Mansa -, filho de Álimo Antônio Francisco e Munira Arbex, entrou cedo para a política, após ter dirigido por alguns anos um dos maiores clubes sociais de Volta Redonda, a Associação Atlética Comercial, tendo comandado também o Volta Redonda Futebol Clube, principal time profissional da cidade, do qual já foi nomeado como presidente de honra.

Foi eleito deputado estadual pela primeira vez em 1986, e reeleito em 1990 e em 1994, após ter sido derrotado nas eleições municipais de 1988.

Em 1996, foi indicado pelo então prefeito Paulo Baltazar como seu sucessor e foi eleito com 82.898 votos, mais do que o dobro do segundo colocado, Nelson dos Santos Gonçalves Filho, que conquistou 38 480 votos.

Foi reeleito no ano de 2000 com 115 204 votos, o equivalente a quase 80% dos votos válidos.

Durante seu mandato, rompeu com o antigo aliado Baltazar, elegeu seu primo, Gothardo Lopes Netto, seu sucessor e foi indicado, primeiramente à Companhia Estadual de Habitação (CEHAB) e posteriormente à Secretaria Estadual de Receita pela ex-governadora Rosinha Garotinho. No governo Sérgio Cabral Filho foi presidente do Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN).

Em 2008, deixou a presidência do Detran-RJ para concorrer a prefeitura de Volta Redonda nas eleições municipais disputando com Cida Diogo do Partido dos Trabalhadores, Zoinho do Partido Trabalhista do Brasil, Washington Granato do Partido Democrático Trabalhista e Dodora do Partido Socialismo e Liberdade. Venceu o pleito ainda no primeiro turno com 91.129 votos, cerca de 54,19% dos votos válidos, sendo eleito pela terceira vez prefeito de Volta Redonda.[1]

Em 2012, reelegeu-se no 2º turno com 95 095 votos, cerca de 55,15% dos votos válidos, para seu quarto mandato como prefeito de Volta Redonda.[2]

Em 2013 Neto foi afastado do cargo de prefeito pelo TRE, acusado de irregularidades no pleito de 2012. Ele foi substituído interinamente pela vereadora América Tereza, então presidente da câmara. No entanto ele entrou com recurso reassumindo o cargo dois dias depois. Neto acabou absolvido das acusações pelo TSE, terminando seu mandato em 1º de janeiro de 2017, passando o cargo de prefeito a Samuca Silva.

Filiado ao DEM, é eleito prefeito pela 5ªvez em primeiro turno no pleito de 15 de novembro de 2020, derrotando o ex-prefeito Paulo Baltazar, o prefeito Samuca Silva que tentava a reeleição, e outros 11 candidatos, somando 57,20% dos votos válidos, o equivalente a 85.673 votos.


Notas

  1. América Tereza foi prefeita interina de 28 a 29 de agosto de 2013, quando Neto voltou ao cargo.

Referências

  1. «UOL Eleições 2008 - Apuração». Consultado em 8 de outubro de 2008 
  2. «Apuração do 2º turno das Eleições Municipais de 2012». UOL Eleições. Consultado em 28 de outubro de 2012 

Precedido por
Paulo Baltazar
Prefeito de Volta Redonda
19972004
Sucedido por
Gothardo Netto
Precedido por
Gothardo Netto
Prefeito de Volta Redonda
20092013
Sucedido por
América Tereza
Precedido por
América Tereza
Prefeito de Volta Redonda
20132016
Sucedido por
Samuca Silva
Precedido por
Samuca Silva
Prefeito de Volta Redonda
2021 — atualidade
Sucedido por
---