Antônio Lacerda de Chermont

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Antônio Lacerda de Chermont
Nascimento 16 de outubro de 1806
Chaves
Morte 5 de agosto de 1879 (72 anos)
Nacionalidade brasileiro
Ocupação Político

Antônio Lacerda de Chermont, primeiro barão e visconde com grandeza de Arari, (Chaves, 16 de outubro de 1806Pará, 5 de agosto de 1879) foi um militar e fazendeiro brasileiro, proprietário de terras em Marajó, que alcançou a patente de comandante-superior da Guarda Nacional e a presidência da província do Pará de 28 de junho de 1866 a 01 de junho de 1866 e 6 de agosto de 1868 a 29 de setembro de 1868.

Participativo nas políticas regionais, ajudou em obras de infra-estruturas como das estradas do Arsenal e das Mongubeiras, em 1851, além de ter financiado gastos públicos como a viagem de J. J. Brunet, diretor do Gabinete de História Natural do Ginásio da Província de Pernambuco, o qual se dirigira ao Pará para analisar as possibilidades hídricas do rio Amazonas.

Filho do coronel Teodósio Constantino de Chermont Filho e de Inês Maria Aires, e irmão de Inês Antônia Miguela Chermont, casada com o comendador Antônio José de Miranda. Casou-se com Catarina Pereira Leite Chermont, com quem teve os seguintes filhos:[1]

O visconde de Arari foi também avô dos políticos Abel Chermont e Mário Midosi Chermont.

Títulos nobiliárquicos e honrarias[editar | editar código-fonte]

Comendador da Imperial Ordem de Cristo e da Imperial Ordem da Rosa.

Barão de Arari

Título conferido por decreto imperial em 18 de maio de 1853. Faz referência ao rio Arari, região onde o nobre possuía terras. Em tupi significa rio dos papagaios.

Visconde de Arari com honras de Grandeza

Título conferido por decreto imperial em 10 de setembro de 1867.

Foi diretor da Companhia Paulista de Estradas de Ferro.

Ver também[editar | editar código-fonte]

«Barão do Arari». Consultado em 14 de julho de 2007 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
José Vieira Couto de Magalhães
Presidente da província do Pará
1866
Sucedido por
Pedro Leão Veloso
Precedido por
Pedro Leão Veloso
Presidente da província do Pará
1866
Sucedido por
Joaquim Raimundo de Lamare
Precedido por
Joaquim Raimundo de Lamare
Presidente da província do Pará
1868
Sucedido por
Manuel José de Siqueira Mendes


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. «pdf» (PDF)