Antônio de Ligne

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Antônio de Ligne
Nascimento 8 de março de 1925
Bruxelas
Morte 21 de agosto de 2005 (80 anos)
Beloeil
Cidadania Bélgica
Progenitores Pai:Eugênio de Ligne
Cônjuge Alix, Princesa de Ligne
Filho(s) Miguel de Ligne, Cristina Maria Isabel de Orléans e Bragança, Iolanda de Ligne
Prêmios Cavaleiro da Ordem do Tosão de Ouro
Religião catolicismo

Antônio Maria Joaquim Lamoral, 13.º príncipe de Ligne, príncipe de Épinoy, príncipe de Amblise, grande da Espanha (Antoine Maria Joachim Lamoral, Bruxelas, 8 de março de 1925Castelo de Beloeil, 21 de agosto de 2005). Filho de Eugênio de Ligne, 11.º príncipe de Ligne e de sua esposa, Filipa de Noailles.

Casamento e filhos[editar | editar código-fonte]

Antônio de Ligne casou-se com a Alice, Princesa de Ligne, filha de Félix de Bourbon-Parma, príncipe de Parma, e da grã-duquesa Carlota de Luxemburgo, no dia 17 de agosto de 1950, no Luxemburgo. Eles tiveram sete filhos juntos:

  • Miguel (n. 26 de maio de 1951), que se casou com Eleonora Maria Josefa de Orléans e Bragança.
  • Wauthier de Ligne (n. 10 de julho de 1952), que se casou com a condessa Regina von Renesse.
  • Ana Maria de Ligne (n. 3 de abril de 1954), que se casou com Olivier Mortgat
  • Cristina (n. 11 de agosto de 1955), que se casou com Antônio João de Orléans e Bragança.
  • Sofia de Ligne (n. 23 de abril de 1957), que se casou com o conde Filipe de Nicolay.
  • Antônio de Ligne (n. 28 de dezembro de 1959), que se casou com a condessa Jacqueline de Lannoy.
  • Iolanda de Ligne (n. 16 de junho de 1964), que se casou com Hugo Townsend, filho de Peter Townsend.