Antiespasmódico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Um antiespasmódico (também: espasmolítico, antiespástico) é uma droga que inibe a motilidade da musculatura visceral.[1] O efeito produzido é o de prevenir a ocorrência de espasmos no estômago, intestino, útero ou bexiga.[2]

Um tipo de antiespasmódico é usado para o relaxamento do músculo liso, especialmente em órgãos tubulares como o tubo digestivo. Ambas as drogas diciclomina e hiosciamina são antiespasmódicas devido a sua ação anticolinérgica. Ambas têm efeitos colaterais gerais e podem piorar uma doença de refluxo gastroesofágico.[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. ALLEN JR, Loyd V.. Formas Farmacêuticas e Sistemas de Liberação de Fármacos. Porto Alegre: Artmed, 2013. 677 p. ISBN 9788565852845
  2. «Definição de antiespasmódic». CCM Saúde. Consultado em 16 de novembro de 2016 
  3. (2005) "Treatment of irritable bowel syndrome" (em inglês). American family physician 72 (12): 2501–6. PMID 16370407.
Ícone de esboço Este artigo sobre fármacos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.