Antoine Arnauld

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Antoine Arnauld
Antoine Arnauld4.jpg, Antoine Arnauld Bibliste Prêtre.jpg
Nome nativo Antoine Arnauld
Nascimento 6 de fevereiro de 1612
Paris
Morte 6 de agosto de 1694 (82 anos)
Bruxelas
Cidadania França
Alma mater Universidade de Paris
Ocupação teólogo, poeta, filósofo, matemático, ensaísta, escritor, professor universitário, lógico
Influências
Empregador Universidade de Paris
Religião catolicismo
Antoine Arnauld

Antoine Arnauld (Paris, 5 de fevereiro de 1612Bruxelas, 8 de agosto de 1694), cognominado O Magno Arnaldo para distingui-lo de seu pai, foi um padre, teólogo, filósofo, matemático e lógico francês, uma das principais figuras do jansenismo e um opositor dos jesuítas no século XVII.

Tendo sido uma figura de proa de Porto Real, foi autor em co-autoria com Pedro Nicoleta da Lógica de Port-Royal - A lógica ou a arte de pensar, 1662. Foi o primeiro a levantar a polémica do Círculo Cartesiano, com suas objecções às "Meditações de Descartes". Muito mais tarde envolveu-se em polémica com Malebranche a qual faz parte de seu "Tratado das ideias verídicas e falsas", 1683. Em 1686 iniciou correspondência com Leibniz, ao qual se submeteu a uma crítica acerca do Discurso sobre Metafísica. [1]

Referências

  1. Dicionário de Filosofia coordenado por Thomas Mautner. Edições 70, 2010

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Antoine Arnauld
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.