Anton Corbijn

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Anton Corbijn
'
Nascimento 20 de maio de 1955 (66 anos)
Strijen
Residência Londres
Cidadania Reino dos Países Baixos
Irmão(s) Maarten Corbijn
Ocupação diretor de cinema, fotógrafo, roteirista, diretor de videoclipe, artista,
Prêmios
  • Prins Bernhard Cultuurfonds award (2011)
Página oficial
http://antoncorbijn.com
Assinatura
Anton Corbijn - Signatur.jpg

Anton Johannes Gerrit Corbijn van Willenswaard (Strijen, 20 de maio de 1955) é um fotógrafo e cineasta neerlandês. Ele é mais conhecido por ter dirigido videoclipes, como "Electrical Storm", do U2 em 2002, "Personal Jesus", "Strangelove" e "Enjoy the Silence" dos Depeche Mode em 1989, "Headhunter" (1988) e "Tragedy for You" (1991) do Front 242 em 2002 e "Heart-Shaped Box" do Nirvana em 1993 - além de "Salvation" de Roxette e "Talk" e também uma versão do clipe "Viva la Vida" em homenagem a Enjoy The Silence.

No cinema, Corbijn dirigiu o filme Control, de 2007, sobre Ian Curtis, o vocalista da banda britânica de rock Joy Division, além de The American em 2010, O Homem Mais Procurado em 2014[1], "Life" filme autobiográfico em 2015 e "Spirits in the Forest" documentário sobre os Depeche Mode em 2019.

Corbijn também fez alguns trabalhos como fotógrafo para capas de discos, por exemplo, a foto da capa do álbum Vienna do grupo Ultravox,[2] e as fotos do U2 no encarte do álbum The Joshua Tree, são dele.[3]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Oficiais
Informações
Entrevistas
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.