Antonio Rüdiger

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Antonio Rüdiger
Antonio Rüdiger
Rüdiger em 2018
Informações pessoais
Nome completo Antonio Rüdiger
Data de nasc. 3 de março de 1993 (29 anos)
Local de nasc. Berlim, Alemanha
Nacionalidade alemão
serra-leonês
Altura 1,90 m[1]
destro[1]
Informações profissionais
Clube atual Real Madrid
Número 22
Posição zagueiro
Clubes de juventude
2000–2002
2002–2005
2005–2006
2006–2008
2008–2011
2011–2012
VfB Sperber Neukölln
SV Tasmania Berlin
Neuköllner Sportfreunde 1907
Hertha Zehlendorf
Borussia Dortmund
Stuttgart
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2012–2016
2015–2016
2016–2017
2017–2022
2022–
Stuttgart
Roma (emp.)
Roma
Chelsea
Real Madrid
0080 0000(2)
0037 0000(2)
0035 0000(0)
0203 000(12)
0000 0000(0)
Seleção nacional
2010–2011
2011–2012
2012
2012–
2014–
Alemanha Sub-18
Alemanha Sub-19
Alemanha Sub-20
Alemanha Sub-21
Alemanha
0008 0000(4)
0014 0000(1)
0002 0000(0)
0010 0000(1)
0053 0000(2)


2 Partidas e gols totais pelos
clubes, atualizadas até 22 de maio de 2022.

Antonio Rüdiger (Berlim, 3 de março de 1993) é um futebolista alemão que atua como zagueiro. Atualmente joga no Real Madrid.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Primeiros anos[editar | editar código-fonte]

Jogou por vários clubes diferentes durante as categorias de base, sendo eles VfB Sperber Neukölln, Tasmania Berlin, Neuköllner Sportfreunde, Hertha Zehlendorf e Borussia Dortmund.[2]

Stuttgart[editar | editar código-fonte]

Rüdiger ingressou na base do Stuttgart em maio de 2011. Na época ele já tinha 18 anos, então poderia jogar pela equipe B, mas de acordo com as regras da FIFA, um jogador não pode jogar partidas oficiais em dois times numa mesma temporada, então teve que esperar até julho.[3] Sua estreia profissional pelo Stuttgart II foi no dia 23 de julho, contra o Arminia Bielefeld, pela 1ª rodada da temporada 2011–12 da 3. Liga.[4]

Estreou pela equipe principal no dia 29 de janeiro de 2012, numa partida contra o Borussia Mönchengladbach, que terminou com derrota por 3 a 0.[5] No dia 4 de outubro de 2012, teve seu primeiro jogo competitivo internacional a nível de clubes, contra o Molde Fotballklub pela Liga Europa da UEFA.[6] Após a saída de Maza Rodríguez no período de transferências de inverno, Rüdiger acabou conseguindo a titularidade pelo clube, reforçada ainda mais com as contusões de Georg Niedermeier e Serdar Taşçı. No dia 19 de abril de 2013, renovou o contrato com o Stuttgart até junho de 2017.[7] Rüdiger marcou seu primeiro gol em 1 de setembro de 2013, numa partida em casa contra o Hoffenheim, que terminou com goleada de 6 a 2 para os vermelhos.[8]

Roma[editar | editar código-fonte]

No dia 19 de agosto de 2015, Rüdiger foi emprestado à Roma por um ano, numa negociação que custou 4 milhões de euros com opção de compra.[9]

A Roma exerceu a opção de compra no dia 30 de maio de 2016, com o zagueiro assinando por quatro temporadas com os giallorossi.[10]

Chelsea[editar | editar código-fonte]

Foi anunciado pelo Chelsea no dia dia 9 de julho de 2017, assinando um contrato válido por cinco temporadas.[11] Rüdiger recebeu a camisa de número 2, anteriormente usada pelo sérvio Branislav Ivanović, que havia deixado o clube em janeiro. Os valores da transação não foram divulgados, mas foram especulados em torno de 34 milhões de libras.[12]

Em maio de 2018 conquistou seu primeiro título pela equipe, a Copa da Inglaterra.[13] O ápice veio três anos depois, com o título da Liga dos Campeões da UEFA. Rüdiger teve grande atuação no torneio e foi titular absoluto da equipe de Thomas Tuchel, onde formou o trio de zaga ao lado de César Azpilicueta e Thiago Silva.[14]

O trio foi mantido para a temporada seguinte, em que o Chelsea buscava seu terceiro título da Champions. A equipe acabou sendo eliminada da Liga dos Campeões em abril de 2022, nas quartas de final, para o Real Madrid. Apesar da vitória por 3 a 2 fora de casa, no Estádio Santiago Bernabéu, os Blues foram eliminados por 5 a 4 no placar agregado.[15]

Real Madrid[editar | editar código-fonte]

Foi anunciado como reforço do Real Madrid no dia 2 de junho de 2022, assinando com o clube espanhol por quatro temporadas.[16]

Seleção Nacional[editar | editar código-fonte]

Rüdiger representou várias categorias da Seleção Alemã, desde a Sub-18 até a principal. Atualmente integra a Seleção Alemã principal. Estreou pela Alemanha no dia 13 de maio de 2014, num amistoso contra a Polônia que terminou em 0 a 0.[17]

Convocado por Joachim Löw para a disputa da Euro 2016,[18] o zagueiro sofreu uma ruptura do ligamento do joelho direito num treinamento, a poucos dias do início da competição, e acabou sendo cortado.[19]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

O pai de Antonio, Matthias Rüdiger, é alemão com ascendência serra-leonesa, enquanto sua mãe Lily é originária de Serra Leoa.[20] Além disso, Rüdiger tem um irmão chamado Sahr Senesie, que também joga futebol.[20]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Chelsea
Alemanha

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Antonio Rüdiger». oGol. Consultado em 19 de agosto de 2015 
  2. «Antonio Rüdiger» (em alemão). DFB.de. Consultado em 19 de agosto de 2015 
  3. Kal Griepenkerl (5 de maio de 2011). «Die Deutschland-Tour geht weiter» (em alemão). RevierSport. Consultado em 19 de agosto de 2015 
  4. «Arminia Bielefeld vs Stuttgart II 1 - 2». Soccerway. Consultado em 19 de agosto de 2015 
  5. «Stuttgart vs. Borussia Mönchengladbach 0 - 3». Soccerway. Consultado em 19 de agosto de 2015 
  6. «UEFA Europa League 2012/13 History - Molde-Stuttgart» (em inglês). UEFA.com. Consultado em 19 de agosto de 2015 
  7. «Antonio Rüdiger verlängert seinen Vertrag» (em alemão). VfB Stuttgart. 19 de abril de 2013. Consultado em 19 de agosto de 2015. Arquivado do original em 16 de outubro de 2014 
  8. «Stuttgart vs. Hoffenheim 6 - 2». Soccerway. Consultado em 19 de agosto de 2015 
  9. «Roma acerta com revelação da Seleção Alemã». Goal Brasil. 20 de agosto de 2015. Consultado em 20 de maio de 2022 
  10. «Roma contrata Rudiger em definitivo». O Jogo. 30 de maio de 2016. Consultado em 20 de maio de 2022 
  11. «Chelsea acerta com Rüdiger, destaque da Alemanha na Copa das Confederações». Superesportes. 9 de julho de 2017. Consultado em 20 de maio de 2022 
  12. «Rudiger é anunciado como novo reforço no Chelsea e assina por cinco anos». GloboEsporte.com. 9 de julho de 2017. Consultado em 20 de maio de 2022 
  13. «Chelsea derrota o Manchester United e é campeão da Copa da Inglaterra». GZH. 19 de maio de 2018. Consultado em 20 de maio de 2022 
  14. «Champions: Chelsea vence Manchester City por 1 a 0, com gol de Havertz, e é bicampeão». ESPN Brasil. 29 de maio de 2021. Consultado em 20 de maio de 2022 
  15. Bruno Bonsanti (12 de abril de 2022). «Apesar da eliminação, Rüdiger foi enorme ao Chelsea, na defesa e no ataque». Trivela. Consultado em 20 de maio de 2022 
  16. «Real Madrid anuncia a contratação do zagueiro Rüdiger». GloboEsporte.com. 2 de junho de 2022 
  17. «Mit acht Debütanten gegen Polen» (em alemão). DFB.de. 13 de maio de 2014. Consultado em 19 de agosto de 2015 
  18. «Alemanha divulga convocados para Eurocopa sem Reus». Terra. 31 de maio de 2016. Consultado em 20 de maio de 2022 
  19. «Rudiger se lesiona e é mais um desfalque da Alemanha para a Eurocopa». Terra. 7 de junho de 2016. Consultado em 20 de maio de 2022 
  20. a b «Antonio Rüdiger: "Manchmal musst du volles Risiko gehen"» (em alemão). DFB.de. 24 de fevereiro de 2012. Consultado em 19 de agosto de 2015 
  21. «Fritz-Walter-Medaille 2011/2012» (PDF) (em alemão). DFB.de. Consultado em 19 de agosto de 2015 
  22. UEFA Champions League Squad of the Season 2020–21

Ligações externas[editar | editar código-fonte]