Anwar Ibrahim

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Anwar Ibrahim MP
انور بن ابراهيم
10.º Primeiro-ministro da Malásia
Período 24 de novembro de 2022
a atualidade
Monarca Abdullah
Antecessor(a) Ismail Sabri Yaakob
12.º e 16.º Líder da Oposição
Período 18 de maio de 2020
a 24 de novembro de 2022
Primeiro-ministro Muhyiddin Yassin
Ismail Sabri Yaakob
Antecessor(a) Ismail Sabri Yaakob
Sucessor(a) Muhyiddin Yassin
Período 28 de agosto de 2008
a 16 de março de 2015
Primeiro-ministro Abdullah Ahmad Badawi
Najib Razak
Antecessor(a) Wan Azizah Wan Ismail
Sucessor(a) Wan Azizah Wan Ismail
Ministro das Finanças
Período 15 de março de 1991
a 2 de setembro de 1998
Primeiro-ministro Mahathir Mohamad
Antecessor(a) Daim Zainuddin
Sucessor(a) Mahathir Mohamad
Ministro da Educação
Período 11 de agosto de 1986
a 15 de março de 1991
Monarcas Iskandar
Azlan Shah
Antecessor(a) Abdullah Ahmad Badawi
Sucessor(a) Sulaiman Daud
Ministro da Agricultura
Período 17 de julho de 1984
a 10 de agosto de 1986
Primeiro-ministro Mahathir Mohamad
Antecessor(a) Abdul Manan Othman
Sucessor(a) Sanusi Junid
Ministro da Cultura, Juventude e Esporte
Período 2 de junho de 1983
a 17 de julho de 1984
Primeiro-ministro Mahathir Mohamad
Antecessor(a) Mokhtar Hashim
Sucessor(a) Sulaiman Daud
Dados pessoais
Nascimento 10 de agosto de 1947 (75 anos)
Bukit Mertajam, Penão, União Malaia (agora Malásia)
Alma mater Universidade da Malásia
Universidade Nacional da Malásia
Cônjuge Wan Azizah Wan Ismail (c. 1980)
Filhos 6
Partido Organização Nacional dos Malaios Unidos
Residência SL3, Bandar Sungai Long, Selangor
Assinatura Assinatura de Anwar Ibrahim
Website Site oficial

Anwar bin Ibrahim (em malaio: انور بن ابراهيم; Penão, 10 de agosto de 1947) é um político malaio que atualmente serve como o 10.º primeiro-ministro da Malásia, desde 24 de novembro de 2022.[1] Ele serviu como o 12.º e 16.º Líder da Oposição de agosto de 2008 a março de 2015 e, novamente, de maio de 2020 a novembro de 2022. Ele também serve como o 2.º presidente da coalizão Pakatan Harapan desde maio de 2020, como o 2.º presidente do Partido da Justiça Popular desde novembro de 2018, e como Membro do Parlamento (MP) por Tambun desde novembro de 2022. Ele atuou como MP por Port Dickson de outubro de 2018 a novembro de 2022 e por Permatang Pauh de março de 1982 a abril de 1999 e, novamente, de agosto de 2008 a março de 2015. Ele também atuou como vice-primeiro-ministro da Malásia e em muitos outros cargos de gabinete na administração do partido Barisan Nasional (BN) sob o comando do ex-primeiro-ministro Mahathir Mohamad de 1982 a 1998, incluindo os cargos de Ministro das Finanças, da Educação, da Agricultura e da Cultura, Juventude e Esporte.[2][3]

Anwar começou sua carreira política como um dos fundadores da organização juvenil Angkatan Belia Islam Malaysia.[4] Depois de ingressar na Organização Nacional dos Malaios Unidos, o principal partido de longa data da coalizão do BN, Anwar ocupou vários cargos de gabinete em governos sucessivos nas décadas de 1980 e 1990. Ele foi vice-primeiro-ministro da Malásia e Ministro das Finanças durante a década de 1990 e teve destaque na resposta da Malásia à crise financeira asiática de 1997.[5] Em 1998, ele foi afastado de todos os cargos pelo primeiro-ministro Mahathir Mohamad e passou a liderar o movimento Reformasi contra o governo. Anwar foi preso em abril de 1999 após um julgamento por sodomia e corrupção que foi criticado por grupos de direitos humanos e vários governos estrangeiros, até sua libertação em 2004, depois que sua condenação foi anulada.[6]

Ele voltou como líder da oposição de 2008 a 2015 e uniu os partidos da oposição na coalizão Pakatan Rakyat, que disputou sem sucesso as eleições gerais de 2008 e 2013. Ele contestou os resultados das eleições de 2013 e liderou um protesto em resposta. Em 2014, a tentativa de Anwar de se tornar chefe de governo de Selangor no Movimento Kajang de 2014 levou a uma crise política de nove meses, que terminou quando ele foi condenado a mais cinco anos de prisão após uma segunda condenação por sodomia em 2015.[7]

Ainda na prisão, Anwar voltou a se juntar a Mahathir Mohamad sob a nova coalizão Pakatan Harapan (PH) à revelia, que venceu as eleições gerais de 2018. Mahathir delineou um plano para Anwar assumir o cargo de primeiro-ministro após um período interino não especificado.[8] Anwar recebeu um perdão real de Muhammad V de Kelantan[9] e foi libertado da prisão.[10][11] Ele voltou ao parlamento na eleição suplementar de Port Dickson em 2018, enquanto sua esposa Wan Azizah Wan Ismail serviu como vice-primeira-ministra na administração do PH. O colapso da coalizão durante a crise política da Malásia de 2020–22 levou à posse do novo governo Perikatan Nasional (PN) sob Muhyiddin Yassin, e Anwar se tornou o líder da oposição pela segunda vez em maio de 2020. Após as eleições de 2022, Anwar foi empossado como o décimo primeiro-ministro da Malásia em 24 de novembro de 2022.[12]

Referências

  1. «Anwar Ibrahim appointed as Malaysia's 10th Prime Minister». Bernama (em inglês). 24 de novembro de 2022. Consultado em 24 de novembro de 2022 
  2. «Anwar Ibrahim» (em inglês). Encyclopaedia Britannica. Consultado em 24 de novembro de 2022 
  3. «Anwar disqualified as MP since Mar 16, says speaker». The Malaysian Times (em inglês). 1 de abril de 2015. Consultado em 24 de novembro de 2022. Arquivado do original em 6 de abril de 2015 
  4. Keat Gin Ooi (2004). Southeast Asia : a historical encyclopedia, from Angkor Wat to East Timor (em inglês). Santa Barbara, Calif.: ABC-CLIO. ISBN 1-57607-770-5. OCLC 54528945. Consultado em 24 de novembro de 2022 
  5. «Anwar Ibrahim – London Speaker Bureau Asia» (em inglês). Consultado em 24 de novembro de 2022 
  6. «Malaysia: Charges against Anwar politically motivated». Amnesty International (em inglês). 6 de agosto de 2008. Consultado em 24 de novembro de 2022 
  7. Kumar, Kamles. «Is it time for Anwar Ibrahim to step aside?». www.aljazeera.com (em inglês). Consultado em 24 de novembro de 2022 
  8. «Malaysia's political turmoil: everything you need to know». The Guardian (em inglês). 25 de fevereiro de 2020. Consultado em 24 de novembro de 2022 
  9. Ellis-Petersen, Hannah (24 de novembro de 2022). «Malaysia: Mahathir Mohamad says Anwar Ibrahim to be given royal pardon». The Guardian. Consultado em 11 de maio de 2018 
  10. «Malaysia: Anwar Ibrahim released after getting full pardon». Al Jazeera (em inglês). 16 de maio de 2018. Consultado em 24 de novembro de 2022 
  11. Ellis-Petersen, Hannah (16 de maio de 2018). «Malaysia: Anwar Ibrahim released from prison». The Guardian (em inglês). Consultado em 24 de novembro de 2022 
  12. «Malaysia election 2022: Anwar Ibrahim named PM, swearing in at 5pm». South China Morning Post (em inglês). 24 de novembro de 2022. Consultado em 24 de novembro de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Anwar Ibrahim
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Anwar Ibrahim
  • Victor Pogadaev. Anwar Ibrahim – A Phoenix Rising From Ashes [1] (em russo). Consultado em 24 de novembro de 2022
  • Site oficial (em malaio). Consultado em 24 de novembro de 2022
  • Perfil: Anwar Ibrahim (em inglês). Consultado em 24 de novembro de 2022