Ao Vivo (álbum de Milton Nascimento)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Milton Nascimento
Ao vivo de Milton Nascimento
Lançamento 1983
Gravação Anhembi, São Paulo, dias 1, 2 e 3 de novembro de 1983
Gênero(s) MPB
Duração 46:56
Idioma(s) Português
Formato(s) LP, K7,CD e Download digital
Gravadora(s) Barclay
Produção Marco Mazzola
Cronologia de Milton Nascimento
Missa dos Quilombos
(1982)
Encontros e Despedidas
(1985)
Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 4 de 5 estrelas.[1]

Ao Vivo é um álbum do cantor e compositor Milton Nascimento, gravado ao vivo em São Paulo, nos dias 1, 2, 3 de novembro de 1983, pela gravadora BMG/Ariola, lançado no dia 21 de dezembro de 1983. O disco traz como destaque uma das faixas inéditas "Coração de Estudante", composta por Milton em parceria com Wagner Tiso, que fez a direção musical e os arranjos do disco, além de reger uma orquestra de mais de 30 músicos. O disco conta com a participação de Gal Costa dividindo os vocais nas faixas "Um Gosto de Sol", do álbum Clube da Esquina (1972) e "Solar", lançada por Gal no disco Minha Voz (1982).

Recepção[editar | editar código-fonte]

Alvaro Neder, em um estudo retrospectivo pela Allmusic lembra que esse trabalho não contém nenhum registro inédito. Milton Nascimento interpreta com uma habitual competência e expressividade, segundo Neder, grandes sucessos como "A Noite Do Meu Bem", "Paisagem Na Janela" (era do Clube da Esquina), "Nos Bailes da Vida" e "Para Lennon E McCartney".

Além disso, conforme o revisor, Milton mostra canções muito nacionalistas ligadas ao período final da ditadura Militar, como a escolar "Coração de Estudante", "Menestrel das Alagoas" (dedicada a Teotônio Vilela, um político que enfrentou o regime), e "Brasil", onde canta sobre um solo de bateria energética. Ainda de acordo com o crítico, o álbum não marca novos rumos na obra de Nascimento, que representa boas interpretações de seus sucessos com novas releituras com orquestra e cantora convidada Gal Costa.[2]

Faixas[editar | editar código-fonte]

Um lado: E a lua mostra sua face iluminada
N.º Título Compositor(es) Duração
1. "Coração de estudante"   Tiso e Nascimento 3:57
2. "A noite do meu bem"   Dolores Duran 3:39
3. "Paisagem na janela"   Fernando Brant e Lô Borges 3:17
4. "Cuitelinho"   recolhido do folclore popular, adaptação de Paulo Vanzolini e Antonio Xandó 3:30
5. "Caxangá"   Nascimento e Brant 4:05
6. "Nos bailes da vida"   Nascimento e Brant 4:37
Outro lado: A terra é azul
N.º Título Compositor(es) Duração
7. "Menestrel das Alagoas"   Nascimento e Brant 3:19
8. "Brasil"   Nascimento e Brant 2:36
9. "Canção do novo mundo"   Beto Guedes e Ronaldo Bastos 3:32
10. "Um gosto de sol" (participação especial de Gal Costa) Milton Nascimento e Ronaldo Bastos 5:15
11. "Solar" (participação especial de Gal Costa) Nascimento e Brant 2:31
12. "Para Lennon e McCartney"   Lô Borges, Márcio Borges e Fernando Brant 5:24
13. "Maria Maria" (orquestrada) Nascimento e Brant 1:13

Músicos convidados[editar | editar código-fonte]

Instrumentinos[editar | editar código-fonte]

  • Salvador Ilson Masano: oboé
  • Marco Antônio Cancello: flauta
  • Grace Henderson: flauta
  • Izidoro Longano: clarinete
  • Alain Lacour: fagote

Metais

  • Mário Rocha: trompa
  • Daniel Havens: trompa
  • Geraldo Aurienti (Feopudo): trompete
  • Manoel E. dos Santos: trompete
  • Dorival Auriani (Buda): trompete
  • Mauro Miola: trompete
  • Arlindo Bonadio: trombone
  • Severino Gomes (Bill): trombone

Cordas

  • Elias Sion: violino spalla
  • German Wainrot: violino e arregimentação
  • Antonio Felix Ferrer: violino
  • Luiz Carlos Campos Marques: violino
  • Audino Nunes: violino
  • Jorge Gisbert: violino
  • Ricardo Morato: violino
  • Loriano Rabarchi: violino
  • Orlando Digenova: violino
  • Jorge Salim Filho: violino
  • Paschoal Perrota: violino
  • Geza Kiszely: viola
  • Newton Sernulo Nascimento: viola
  • Alwine Johanes Oelsner: viola
  • Michel Verebes: viola
  • Paulo Taccetti: cello
  • Kim Diane Cook: cello
  • Zygmunt Kuballa: cello
  • Nelzimar G. Neves: cello
  • Gabriel Balhis: baixo

Ficha técnica[editar | editar código-fonte]

  • Produção, gravação e mixagem: Marco Mazzola
  • Gravado ao vivo no Palácio das Convenções do Anhembi, dias 1, 2 e 3 de novembro de 1983
  • Idealizado e dirigido por Milton Nascimento e Márcio Ferreira
  • Orquestração e direção musical: Wagner Tiso
  • Assistentes de produção e direção: Antonio Foguete e Eva Strauss
  • Assistente de produção: Beth Campos
  • Engenheiros de gravação: Luigi Hoffer (direção), Ary Carvalhaes, e Marcus Vinicius
  • Auxiliares: Douglas Martins, Garpar, Márcio Gama e Ivo
  • Engenheiros de manutenção: Carlos Rancconi e Paulo Cesar Succar
  • Engenheiro de mixagem: Marco Mazzola
  • Assistentes: Ary e Luigi (Help!)
  • Auxiliar: Márcio
  • Capa e programação visual: Márcio Ferreira
  • Ilustração: Eduardo Pardal
  • Fotografia Terra e Lua: NASA
  • Fotografia Milton: Márcio Ferreira
  • Coordenação gráfica: J.C. Mello

Catálogos[editar | editar código-fonte]

  • LP: 817307 - 1 (1983)
  • K7: 817307 - 4 (1983)
  • CD: 817307 - 2 (1987, 1991)

Referências

  1. Allmusic Avaliação
  2. Alvaro Neder (2014). «Ao Vivo – Milton Nascimento:AllMusic». allmusic.com. Consultado em 30 de março de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Milton Nascimento é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.