Apeadeiro de Assumar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Assumar
BSicon BAHN.svg
Apeadeiro de Assumar, em 2017
Identificação:[1] 57117 ASS (Assumar)
Denominação: Apeadeiro de Assumar
Classificação: A (apeadeiro)[2]
Linha(s): Linha do Leste (PK 226,773)
Coordenadas: 39°8′20.11″N × 7°22′56.23″W

(≍+39.13892;−7.38229)

(mais mapas: 39° 08′ 20,11″ N, 7° 22′ 56,23″ O)
Concelho: bandeiraMonforte
Serviços: Logo CP 2.svgBSicon LSTR orange.svgR
Diagrama:
BSicon CONTfa grey.svg
BSicon BHF grey.svgPortalegre (Sentido Abrantes)
BSicon HST grey.svgAssumar
BSicon HST grey.svgArronches (Sentido Badajoz)
BSicon CONTf grey.svg
Website:

O Apeadeiro de Assumar é uma interface da Linha do Leste, que serve a localidade de Assumar, no distrito de Portalegre, em Portugal.

Caracterização[editar | editar código-fonte]

Localização[editar | editar código-fonte]

Situa-se na periferia da localidade de Assumar, junto à Estrada Nacional 371.[3]

Anúncio de 1873 da Companhia Real, onde se faz referência a Assumar.

História[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Linha do Leste § História

Esta interface encontra-se no troço entre as estações de Crato e Elvas da Linha do Leste, que entrou ao serviço no dia 4 de Julho de 1863, pela Companhia Real dos Caminhos de Ferro Portugueses.[4]

Em 1913, existia um serviço de diligências entre a estação de Assumar e a vila de Arronches.[5]

Em 1934, a companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses abriu um serviço central de despachos em Arronches, possibilitando o transporte de mercadorias, bagagens e passageiros entre aquela localidade e a gare de Assumar, que então possuía a categoria de estação.[6]

Em 29 de Agosto de 2017, foram retomados os comboios do Entroncamento a Badajoz, que também serviam o Apeadeiro de Assumar.[7]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. (I.E.T. 50/56) 56.º Aditamento à Instrução de Exploração Técnica N.º 50 : Rede Ferroviária Nacional. IMTT, 2011.10.20
  2. Instrução de exploração técnica nº 2 : Índice dos textos regulamentares em vigor. IMTT, 2012.11.06
  3. CUNHA, 1985:83
  4. TORRES, Carlos Manitto (1 de Janeiro de 1958). «A evolução das linhas portuguesas e o seu significado ferroviário» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. Ano 70 (1681). p. 9-12. Consultado em 8 de Junho de 2015 
  5. «Serviço de Diligencias». Guia official dos caminhos de ferro de Portugal. Ano 39 (168). Outubro de 1913. p. 152-155. Consultado em 21 de Fevereiro de 2018 
  6. «Caminhos de Ferro» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. Ano 46 (1113). 1 de Maio de 1934. p. 249. Consultado em 20 de Setembro de 2010 
  7. «ENTRONCAMENTO – Já há comboio directo até Badajoz. CP promove duas viagens diárias (ida e volta)». Rádio Hertz. 30 de Agosto de 2017. Consultado em 21 de Outubro de 2018 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • CUNHA, António Maria (1985). Monografia Geral sobre o Concelho de Monforte. Monforte: Câmara Municipal. 328 páginas 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre o apeadeiro de Assumar

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma estação, apeadeiro ou paragem ferroviária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.