Apeadeiro de Cela

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre o apeadeiro na Linha do Oeste. Para a estação na Linha do Algarve, veja Estação Ferroviária de Cacela.
Cela
BSicon BAHN.svg
Abrigo do apeadeiro de Cela, em Maio de 2018
Linha(s): Linha do Oeste (Pk 125,735)
Coordenadas: 39° 33′ 12,36″ N, 9° 03′ 19,11″ O
Concelho: Alcobaça
Serviços: Sem serviços
Equipamentos: Acesso para pessoas de mobilidade reduzida
Website:

O Apeadeiro de Cela é uma plataforma ferroviária encerrada na Linha do Oeste, que servia a localidade de Cela, no município de Alcobaça, em Portugal.

Descrição[editar | editar código-fonte]

Esta gare situa-se junto à localidade de Cela Velha.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Aviso de 1899, onde este apeadeiro surge com o nome original, Cella

Este apeadeiro insere-se no lanço entre Torres Vedras e Leiria da Linha do Oeste, que abriu ao serviço em 1 de Agosto de 1887, pela Companhia Real dos Caminhos de Ferro Portugueses.[2]

Em 1913, existia um serviço de diligências entre Nazaré e o apeadeiro de Cela, que então se denominava de Cella.[3]

Em 1961, a estação de Cela tinha serviço de passageiros com bagagens,[4] e recebia mercadorias no regime de pequena velocidade, tarifa de pequenos volumes.[5] Em 1958, a estação de Cela foi um das que tiveram o menor movimento de passageiros e mercadorias na zona.[6] Nesse ano, as principais mercadorias expedidas, no regime de Grande Velocidade, foram frutas verdes, hortaliças e legumes verdes.[5] Na pequena velocidade, regime de Pequena Velocidade, foram principalmente enviadas madeiras de eucalipto ou de pinho em bruto.[5]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Cela - Linha do Oeste». Infraestruturas de Portugal. Consultado em 1 de Fevereiro de 2018 
  2. TORRES, Carlos Manitto (16 de Janeiro de 1958). «A evolução das linhas portuguesas e o seu significado ferroviário» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 70 (1682). p. 61-64. Consultado em 5 de Junho de 2014 
  3. «Serviço de Diligencias». Guia official dos caminhos de ferro de Portugal. 39 (168). Outubro de 1913. p. 152-155. Consultado em 25 de Março de 2018 
  4. SILVA et al, 1961:189
  5. a b c SILVA et al, 1961:205-206
  6. SILVA et al, 1961:202-203
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre o apeadeiro de Cela

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • SILVA, Carlos; ALARCÃO, Alberto; CARDOSO, António (1961). A Região a Oeste da Serra dos Candeeiros. Estudo económico-agrícola dos concelhos de Alcobaça, Nazaré, Caldas da Rainha, Óbidos e Peniche. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian. 767 páginas 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]



Ícone de esboço Este artigo sobre uma estação, apeadeiro ou paragem ferroviária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.