Apeadeiro de Seixas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Seixas IPcomboio2.jpg
IPestacao.jpg
Linha(s) Linha do Minho (PK 107,760)
Coordenadas 41° 53′ 46,92″ N, 8° 49′ 09,69″ O
Concelho Caminha
Serviços Ferroviários Logo CP 2.svgBSicon LSTR orange.svgR
Horários em tempo real
Serviços Servicios adaptados.svg


Logos IP.png
BSicon CONTfa grey.svg
BSicon HST grey.svgEsqueiro (Sentido Valença)
BSicon HST grey.svgSeixas
BSicon BHF grey.svgCaminha (Sentido Porto)
BSicon CONTf grey.svg

O Apeadeiro de Seixas é uma interface da Linha do Minho, que serve a localidade de Seixas, no Concelho de Caminha, em Portugal.

Mapa de 1895, onde se pode ver a localização da gare de Seixas, já com a categoria de estação.

História[editar | editar código-fonte]

O troço da Linha do Minho entre Caminha e São Pedro da Torre, onde este apeadeiro se insere, entrou ao serviço em 15 de Janeiro de 1879.[1]

Em 1894, o Apeadeiro de Seixas foi convertido para a categoria de estação, apenas para os serviços de grande velocidade.[2]

Um diploma emitido pelo Ministério das Obras Públicas e Comunicações em 29 de Dezembro de 1934 aprovou um projecto da Companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses para a construção de uma retrete, um poço e uma fossa na estação de Seixas.[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Troços de linhas férreas portuguesas abertas à exploração desde 1856, e a sua extensão» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 69 (1652). 16 de Outubro de 1956. p. 528-530. Consultado em 8 de Dezembro de 2013 
  2. «Efemérides» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 51 (1226). 16 de Janeiro de 1939. p. 82. Consultado em 8 de Dezembro de 2013 
  3. «Parte Oficial» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 47 (1132). 16 de Fevereiro de 1935. p. 81. Consultado em 8 de Dezembro de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]



Ícone de esboço Este artigo sobre uma estação, apeadeiro ou paragem ferroviária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.