Apeadeiro de Vila Fernando

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Vila Fernando
BSicon BAHN.svg
Identificação:[1] 49114 VFE (V.Fernando)
Denominação: Apeadeiro de Vila Fernando
Classificação: A (apeadeiro)[2]
Linha(s): Linha da Beira Alta (PK 216,894)
Altitude: 765 m (a.n.m)
Coordenadas: 40°29′51.96″N × 7°8′53.13″W

(≍+40.49777;−7.14809)

(mais mapas: 40° 29′ 51,96″ N, 7° 08′ 53,13″ O)
Concelho: bandeiraGuarda
Serviços: Logo CP 2.svgBSicon LSTR orange.svgR
Conexões: Serviço de táxis GRD
Equipamentos: Acesso para pessoas de mobilidade reduzida
Diagrama:
BSicon CONTfa grey.svg
BSicon HST grey.svgGata (Sentido Pampilhosa)
BSicon HST grey.svgVila Fernando
BSicon HST grey.svgRochoso (Sentido Vilar Formoso)
BSicon CONTf grey.svg
Website:
Apeadeiro de Vila Fernando, em 2018.
Disambig grey.svg Nota: Para outras interfaces ferroviárias com nomes semelhantes ou relacionados, veja Apeadeiro de Fernando Pó, Estação Fernando Castillo Velasco, Estação Fernão Velho ou Estação Fernández de Córdoba.

O apeadeiro de Vila Fernando (nome anteriormente grafado como "Villa"),[3] é uma interface da Linha da Beira Alta, que serve a localidade de Vila Fernando, no Distrito da Guarda, em Portugal.

Caracterização[editar | editar código-fonte]

Este apeadeiro tem acesso pela Rua do Cais, junto à localidade de Vila Fernando.[4] O edifício de passageiros situa-se do lado norte da via (lado esquerdo do sentido ascendente, a Vilar Formoso).[5]

História[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Linha da Beira Alta § História

A Linha da Beira Alta entrou ao serviço, de forma provisória, em 1 de Julho de 1882, tendo a linha sido definitivamente inaugurada em 3 de Agosto do mesmo ano, pela Companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses da Beira Alta,[6] Vila Fernando constava já do elenco original de interfaces da linha, com a categoria de apeadeiro.[7]

Em 1905, as autarquias da Guarda e do Sabugal requisitaram à administração da Companhia da Beira Alta que este apeadeiro fosse elevado a estação de 3.ª classe.[8] No entanto, em 1913 mantinha ainda a categoria de apeadeiro.[9]

Em finais de 1915, a Companhia da Beira Alta pediu ao governo a construção de uma estrada da estação de Vila Fernando até Aldão.[10] Em 1939, a Companhia construiu duas guaritas para os agulheiros, junto às agulhas 1 e 2, e fez grandes obras de reparação no cais fechado.[11] Um diploma publicado no Diário do Governo n.º 167, II Série, de 21 de Julho de 1949, aprovou o processo de expropriação de 4 parcelas de terreno à direita da Linha da Beira Alta, entre o PK 216+922.16 e o PK 217+011.80, para a ampliação da estação de Vila Fernando.[12]

Nos horários de 1980 e 1984, Vila Fernando ainda surgiu com a categoria de estação,[13][14] assim como do mapa oficial de 1985;[5] em 2011 surge porém como apeadeiro.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b (I.E.T. 50/56) 56.º Aditamento à Instrução de Exploração Técnica N.º 50 : Rede Ferroviária Nacional. IMTT, 2011.10.20
  2. Instrução de exploração técnica nº 2 : Índice dos textos regulamentares em vigor. IMTT, 2012.11.06
  3. Chapuy: “ReembolsosGazeta dos Caminhos de Ferro 356(1902).
  4. «Vila Fernando - Linha da Beira Alta». Infraestruturas de Portugal. Consultado em 15 de Setembro de 2015 
  5. a b (anónimo): Mapa 20 : Diagrama das Linhas Férreas Portuguesas com as estações (Edição de 1985), CP: Departamento de Transportes: Serviço de Estudos: Sala de Desenho / Fergráfica — Artes Gráficas L.da: Lisboa, 1985
  6. TORRES, Carlos Manitto (16 de Março de 1958). «A evolução das linhas portuguesas e o seu significado ferroviário» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 71 (1686). p. 133-140. Consultado em 5 de Fevereiro de 2014 
  7. (anónimo): “Caminho de Ferro da Beira AltaDiario Illustrado 3307 (1882.07.24)
  8. «Linhas Portuguezas» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 18 (426). 16 de Setembro de 1905. p. 283. Consultado em 21 de Novembro de 2012 
  9. «Beira Alta». Guia Official dos Caminhos de Ferro de Portugal (168). Lisboa: Gazeta dos Caminhos de Ferro. Outubro de 1913. p. 94. Consultado em 21 de Novembro de 2012 
  10. «Efemérides» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 51 (1231). 1 de Abril de 1939. p. 202-204. Consultado em 15 de Setembro de 2015 
  11. «O que se fez em Caminhos de Ferro no ano de 1939» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 52 (1249). 1 de Janeiro de 1940. p. 35-40. Consultado em 15 de Setembro de 2015 
  12. «Parte Oficial» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 62 (1481). 1 de Setembro de 1949. p. 593-594. Consultado em 15 de Setembro de 2015 
  13. Caminhos de Ferro Portugueses (3 de Junho de 1984). «Linha da Beira Alta» (PDF). Horário de Verão 1984. O Comboio em Portugal. p. 8. Consultado em 21 de Novembro de 2012 
  14. Caminhos de Ferro Portugueses (21 de Julho de 1980). «Linha da Beira Alta» (PDF). Horário de Verão 1980. O Comboio em Portugal. p. 5. Consultado em 21 de Novembro de 2012 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre o apeadeiro de Vila Fernando

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma estação, apeadeiro ou paragem ferroviária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.