Apocalipse de Tomé

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Apocalipse de Tomé ("Revelação") é uma obra dos apócrifos do Novo Testamento, aparentemente composta originalmente em latim e a data do texto completo aponta para os tempos de Arcádio e Honório1 . Esta obra emergiu recentemente e, por isso, há poucos trabalhos acadêmicos sobre ela.

O texto[editar | editar código-fonte]

O Decreto Gelasiano condenou uma obra chamada "Revelações de Tomé" como sendo apócrifo e isso era tudo o que se conhecia sobre ela1 .

A obra[editar | editar código-fonte]

A visão relatada é sobre o fim do mundo e parece ser uma versão do Apocalipse de João, escrita de uma forma um pouco menos enigmática (ou mística).

Há duas versões do texto, uma curta e uma longa. A versão curta parece ser apenas o resultado de uma interpolação do século V d.C. sobre a versão curta.

Referências

  1. a b M.R. James, trad.. The Apocryphal New Testament: Apocalipse de Tomé (em inglês). 1924: Clarendon Press. Página visitada em 21/01/2011. - Texto completo.
Ícone de esboço Este artigo sobre um livro relacionado ao Cristianismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.