Apocalyptica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para o quinto álbum do grupo, veja Apocalyptica (álbum).
Apocalyptica
Apocalyptica Hurricane-Festival.jpg
Apocalyptica no Hurricane-Festival em 2006
Informação geral
Origem Helsinki
País  Finlândia
Gênero(s) Música clássica
Cello metal
Symphonic metal
Período em atividade 1993 - presente
Gravadora(s) Zen Garden (1996)
Universal records/Mercury records(1997-2006)
20/20 Records(2006-presente)
Integrantes Eicca Toppinen
Paavo Lötjönen
Perttu Kivilaakso
Mikko Sirén.
Ex-integrantes Antero Manninen
Max Lilja.
Página oficial www.Apocalyptica.com

Apocalyptica é uma banda finlandesa formada por três violoncelistas e, desde 2005, um baterista. Têm como especialidade o "symphonic metal" (heavy metal com aspectos de sinfonia), e tocam também música clássica. Todos os formadores frequentaram a Academia Sibelius, em Helsinque, onde se conheceram e, em 1993, juntaram-se para fazer, por diversão, arranjos com violoncelos.

História[editar | editar código-fonte]

A banda Apocalyptica foi formada em 1993 quando quatro violoncelistas (Eicca Toppinen, Paavo Lötjönen, Max Lilja e Antero Manninen), reuniram-se para fazer covers de Metallica no Teatro Heavy Metal Club.

Em 1996 lançaram o seu primeiro álbum, Plays Metallica by Four Cellos, onde é possível encontrar apenas covers de Metallica.

Em 1998 lançaram o seu segundo álbum, Inquisition Symphony, que, novamente, contém covers de Metallica. Porém, regravaram também músicas de Faith No More, Sepultura e Pantera. Neste álbum a banda incluiu também três faixas originais compostas por Eicca Toppinen.

Em 1999 Antero Manninen deixou o grupo e foi substituído por Perttu Kivilaakso. Em 2000, a banda finlandesa lançou o terceiro álbum, Cult, contendo dez músicas originais e três covers. Em 2002, Max Lilja deixou o grupo e uniu-se a uma outra banda finlandesa, os Hevein, deixando os Apocalyptica apenas com três membros.

Em 2003 os Apocalyptica lançaram o seu quarto álbum, Reflections, que contém apenas músicas originais. Reflections caracterizou um som experimental, ao invés do anterior estilo acústico encontrado em Inquisition Symphony e Cult. Dave Lombardo, baterista de Slayer, tocou em cinco músicas deste álbum.

Em 2005 lançaram Apocalyptica, que contou com a participação de Mikko Sirén na bateria, e em Dezembro do mesmo ano este foi integrado como membro oficial da banda. Este álbum teve como convidados alguns músicos como Ville Valo de HIM, Lauri Ylönen de The Rasmus e, novamente, Dave Lombardo de Slayer.E tocaram a música intro do álbum The Poison da banda britânica Bullet For My Valentine.

No dia 17 de Setembro de 2007 foi oficialmente apresentado ao público o seu sexto álbum Worlds Collide, que conta com a participação de Dave Lombardo do Slayer na bateria de algumas canções, Cristina Scabbia de Lacuna Coil, Till Lindemann de Rammstein, Adam Gontier de Three Days Grace e Corey Taylor de Slipknot.

O sétimo álbum da banda, intitulado 7th Symphony e produzido por Joe Barresi e Howard Benson (em duas faixas), foi lançado em 23 de agosto de 2010 na Europa (20 de agosto na Alemanha, 2010)[1], e 24 de agosto nos Estados Unidos.[2] O primeiro single foi tocado nas rádios em 29 de junho.[2]

O álbum tem 12 faixas (incluindo duas adicionais das edições limitadas), sendo oito instrumentais e quatro com vocais feitos por convidados.[2] O primeiro single, "End of Me" tem a participação de Gavin Rossdale, vocalista da banda britânica Bush. O baterista de Slayer, Dave Lombardo, toca para a banda pela quarta vez consecutiva. O vídeo do single "End of Me" foi filmado no fim de Maio e estreou a 2 de Julho.[3]

O oitavo album de estúdio da banda, intitulado Shadowmaker, foi lançado em Abril de 2015.

Membros[editar | editar código-fonte]

Actuais[editar | editar código-fonte]

Formadores[editar | editar código-fonte]

Linha do tempo[editar | editar código-fonte]

Violoncelo[editar | editar código-fonte]

Bateria[editar | editar código-fonte]

Regravaram músicas de:[editar | editar código-fonte]

Colaborações[editar | editar código-fonte]

Recebidas[editar | editar código-fonte]

Concedidas[editar | editar código-fonte]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Discografia de Apocalyptica
Álbuns de estúdio

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Apocalyptica