Aquarela Brasileira 3

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Aquarela Brasileira 3 é o terceiro repertório do álbum do cantor Emílio Santiago, lançado em setembro de 1990, pela Som Livre.

Faixas[editar | editar código-fonte]

Lado A[editar | editar código-fonte]

  1. Verdade chinesa (Gilson, Carlos Colla)
  2. Deslizes (Paulo Massadas, Michael Sullivan)
    • Oceano (Djavan)
  3. Pois é (Ataulfo Alves)
    • Vai mesmo (Ataulfo Alves)
    • Leva meu samba (Mensageiro) (Ataulfo Alves)
  4. A saudade mata a gente (Antônio Almeida, João de Barro)
    • No rancho fundo (Ary Barroso-Lamartine Babo)
  5. Nua idéia (Leila XII) (Caetano Veloso, João Donato)
    • Lua dourada (Leila VI) (João Donato-Fausto Nilo)

Lado B[editar | editar código-fonte]

  1. Vira virou a Mocidade chegou (GRES Mocidade Independente de Padre Miguel) (Toco, Tiãozinho da Mocidade, Jorginho Medeiros)
  2. Dias de lua (Claudio Cartier, Marco Aurélio, Paulo César Feital)
  3. Não quero mais amar ninguém (Zé da Zilda, Carlos Cachaça, Cartola)
    • Peito vazio (Cartola-Élton Medeiros)
    • Acontece (Cartola)
  4. Nervos de aço (Lupicínio Rodrigues)
    • Nunca (Lupicínio Rodrigues)
  5. Este seu olhar (Tom Jobim)
    • Se queres saber (Peterpan)
    • Alguém como tu (José Maria de Abreu-Jair Amorim)