Arata Kangatari

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ni hon go2.png Este artigo contém texto em japonês.
Sem suporte multilingual apropriado, você verá interrogações, quadrados ou outros símbolos em vez de kanji ou kana.
Arata Kangatari
Gênero Shōnen, Ação, Aventura, Fantasia
Mangá
Autor(es) Yuu Watase
Editora(s) Japão Shogakukan
Editora(s)
lusófona(s)
Brasil Panini Comics
Revista(s) Weekly Shōnen Sunday
Público-alvo Shōnen
Data de publicação Outubro de 2008 – Em publicação
Volumes 23 volumes
Anime
Direção Kenji Yasuda
Estúdio Satelight
Emissoras de TV Japão TV Tokyo, AT-X, TV Aichi, TV Osaka,
Exibição original – Finalizado
Nº de episódios 12

O Mito de Arata (em japonês: アラタカンガタリ~革神语 Arata Kangatari; em inglês: Arata: The Legend) é um mangá escrito e ilustrado por Yuu Watase (criadora de Ayashi no Ceres e Fushigi Yûgi), que começou a ser publicado na revista semanal Weekly Shōnen Sunday, da editora Shogakukan em 2008. O primeiro volume da série foi lançado no Japão em 16 de janeiro de 2009. A série tem vinte e dois volumes e ainda está em publicação. Arata Kangatari é a primeira série de mangá do gênero shōnen de Watase. É licenciado pela Viz Media nos Estados Unidos. Um anime começou a ser produzido em 2013 pelo estúdio Satelight e foi exibido pela TV Tokyo e chegou ao fim com 12 Episódios.[1]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Em um mundo místico, a cada 30 anos, uma nova princesa é escolhida entre as meninas do clã Hime para ser a líder da nação Amawakuni. Isso porque o poder Amatsuriki é exclusivo delas, sendo o único capaz de subjugar os Hayagamis e manter o equilíbrio. Esse dia chegou novamente, mas com o passar dos anos nenhuma mulher havia nascido, a não ser Arata, com 15 anos de idade. O único problema é que Arata na verdade é um homem! Forçado a se disfarçar e tomar o lugar da candidata a princesa até uma de verdade ser encontrada, durante a cerimônia, ele acaba sendo a única testemunha da tentativa de assassinato da princesa atual e, além disso, é acusado de ser o assassino. Agora todos querem ver o garoto morto. Enquanto isso, em um mundo paralelo, um outro jovem chamado Arata Hinohara encara o bullying de seus amigos em mais uma mudança escolar. O que esses dois Aratas tem em comum? Bem, eles vão descobrir – ou não – quando acidentalmente trocarem de papéis… Agora, Hinohara terá de lutar pela sua vida em um mundo onde ele é caçado, enquanto Arata terá de aprender a viver no mundo moderno.

Personagens[editar | editar código-fonte]

Principais[editar | editar código-fonte]

  • Arata Hinohara (日ノ原アラタ Hinohara Arata)
Dublado por: Nobuhiko Okamoto
Arata Hinohara é um garoto tímido e quieto, calouro do ensino médio no Japão dos dias atuais. Ele é atlético e bom nas corridas. Após ser traído por seu amigo Suguru, Hinohara é sugado para outro mundo, Amawakuni, onde ele é confundido com o Arata de Amawakuni, que foi acusado de assassinato da princesa. Logo após a sua chegada ao novo mundo, ele se torna um sho, depois de ser escolhido para empunhar uma Hayagami, um deus na forma de uma espada. Ele promete a princesa que irá ajudar a restaurar o seu poder e embarca em uma missão para salvá-la. Ele eventualmente se apaixona por Kotoha.
  • Arata (アラタ Arata)
Dublado por: Yoshitsugu Matsuoka
O Arata de Amawakuni é uma pessoa extrovertida e cheia de energia. Ao nascer, sua avó, Makari, afirmou que ele era uma menina, mesmo assim, o criou como filho. Ele faz parte do clã Hime, o qual fornece as princesas para manter o equilíbrio no mundo. Sem outras meninas para suceder a princesa atual, Arata se veste de mulher para se tornar a nova sucessora. Na cerimônia de sucessão, ele testemunhou o assassinato da princesa e foi culpado pelo crime. Ele corre para a floresta Kando, onde sem querer ele troca de lugar com Arata Hinohara do Japão atual.
  • Masato Kadowaki (門脇 雅人 Kadowaki Masato)
Dublado por: Ryohei Kimura
Um ex-amigo de Hinohara no ensino médio, onde ambos estavam na equipe de atletismo. No colégio, ele e Hinohara estão na mesma classe. Ele odeia Hinohara porque acredita que Hinohara o olha com superioridade. Kadowaki constantemente reúne colegas para provocar e agredir Hinohara. Ele faz todo mundo se virar contra Hinohara, incluindo seu melhor amigo Suguru.
  • Kotoha (コトハ Kotoha)
Dublada por: Ayahi Takagaki
Kotoha é uma amiga de infância de Arata e pertence ao clã Uneme, o qual serviu o clã Hime há anos. Como quase todos os outros em Awamakuni, ela pensa que Hinohara é o Arata do clã Hime e que ele perdeu suas memórias depois de ser "devorado" pela Floresta Kando. Ela possui os poderes de cura como todas as mulheres do clã Uneme. Ela acompanha Hinohara em sua busca e mais tarde percebe que ele não é seu amigo de infância, Arata do clã Hime, por quem era apaixonada. Porém, no decorrer da história, ela acaba desenvolvendo sentimentos por Hinohara.
  • Princesa Kikuri (キクリ姫 Kikuri hime)
Dublado por: Hibiku Yamamura
Kikuri é a princesa atual de Amawakuni e permaneceu nessa posição por 60 anos na falta de uma sucessora. Ela governa Amawakuni e tem a ajuda dos Doze Shinsho. Na cerimônia de sucessão de Arata, os Doze Shinsho, liderados por Kannagi, a traem e tentam assassiná-la. Ela se agarra ao último fio de vida evocando um Amatsuriki ao seu redor e seu corpo permanece desacordado. Mesmo assim, ela consegue se comunicar com Hinohara e pede-lhe que leve seu Hayagami até ela antes de sua vida desvanecer, em uma última tentativa de trazer ordem e evitar o caos no mundo.
  • Kannagi (カンナギ Kannagi)
Dublado por: Yuki Ono
Um dos Doze Shinsho, ele empunha a Hayagami Homura, o deus do fogo. Ele inicia o golpe de Estado contra a princesa para poder usar seu Hayagami sem limitações, é quem fere a princesa e acusa Arata pelo assassinato. No começo, ele lidera a caçada do "assassino da princesa", Arata, mas depois decide acompanhar Arata em sua busca pela princesa.
  • Kanate (カナテ Kanate)
Dublado por: Junko Minagawa
Ele fazia parte de um bando de ladrões e agia como um irmão mais velho para outro órfão, Ginchi. Ele e Ginchi eram prisioneiros da Ilha de Gatoya, junto com Kotoha e Arata Hinohara. Hinohara ajuda Ginchi e conquista a amizade de ambos. Mais tarde, Hinohara ainda os salva de Tsutsuga, o guardião da ilha, quem se submete a Hinohara por vontade própria. No fim, Kanate, Ginchi, Hinohara e Kotoha escapam da Ilha de Gotoya em um navio.
  • Imina Oribe (织部実 Oribe Imina)
Colega de Arata. Ela faz parte do Clã Hime e deveria estar morta há 15 anos, mas isso não aconteceu porque ela trocou de lugar e agora vive no Japão atual.

Referências

http://www.animakai.com.br/anime/arata-kangatari/episodios