Arco de Augusto (19 a.C.)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Ver também Arco de Augusto (29 a.C.).
Arco de Augusto
Restos do Arco de Augusto
Tipo Templo
Promotor / construtor Augusto
Geografia
País Itália
Cidade Roma
Localidade Região VIII - Fórum Romano
Coordenadas 41° 53' 31" N 12° 29' 10" E
Arco de Augusto está localizado em: Roma
Arco de Augusto
Arco de Augusto

Arco de Augusto (em latim: Arcus Augusti), também referido pelos historiadores como Arco Parto,[1] foi um arco triunfal do imperador Augusto (r. 27 a.C.14 d.C.) situado no Fórum Romano. Dedicado em 19 a.C., celebrou o retorno dos estandartes capturados pelo Império Parta na batalha de Carras (53 a.C.) e substituiu o arco anterior construído por Otaviano em 29 a.C. para celebrar a batalha de Áccio (31 a.C.) contra Marco Antônio e Cleópatra.[2] Com este edifício novo, Augusto pretendia apagar a memória da guerra civil com Marco Antônio e gravar seu nome entre os vencedores da lista exibida em uma passagem do arco novo, não para celebrar uma vitória militar, mas sim diplomática.[3]

Abarcando o Vico Vestal entre o Templo de Castor e Pólux e o Templo de César, próximo ao Templo de Vesta,[2] o arco consistia num vão central abobadado maior e mais profundo e duas passagens laterais com tetos planos encimados por frontões triangulares, cada um encimado pela estátua de um parta fazendo sua submissão a Augusto (um dos partas está inclinado e restaura os padrões romanos). Sobre o ático do vão central havia um conjunto em bronze dourado de Augusto em sua quadriga triunfal.[1][4] Nos nichos das paredes das passagens laterais havia esculpido os Fastos Capitolinos, que incluem os nomes de todos os cônsules da República Romana e todos os generais que receberam um triunfo desde o Reino de Roma até o reinado de Augusto.[3]

Os restos remanescentes do arco consistem em blocos de travertino sobre alicerces de concreto, e três dos quatro pilares estão in situ. Os pilares do meio são de 2,95 metros de largura, e os laterais de 1,35, o que corresponde as representações nas moedas. A profundidade dos pilares do meio também é maior. A largura do arco central foi de 4,05 metros e os dos arcos laterais de 2,55, sendo a estrutura duma largura total de 17,75 metros. O pavimento da passagem central está parcialmente preservado, e alguns dos fragmentos de mármore do arco foram instalados em alicerces modernos de tijolo sobre fundações de travertino, que se apoiam em pavimentos duma rua mais antiga.[5]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Localização[editar | editar código-fonte]

Planimetria do Fórum Romano
Planta do Fórum romano republicano.
Planta do Fórum romano imperial.


Referências

  1. a b Kleiner 2010, p. 64.
  2. a b Sear 2000, p. 316-318.
  3. a b Duret 2001, p. 94.
  4. Coarelli 2007, p. 79-81.
  5. «Arcus Augusti» (em inglês). Consultado em 14 de agosto de 2014. 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Coarelli, Filippo (2007). Rome and environs, an archaelogical guide. [S.l.]: University of California Press 
  • Duret, Luc; Jean-Paul Néraudeau (2001). Urbanisme et métamorphose de la Rome antique. [S.l.]: Les Belles Lettres 
  • Kleiner, Fred (2010). A History of Roman Art, Enhanced Edition. [S.l.]: Cengage Learning. ISBN 0495909874 
  • Sear, David R. (2000). Roman Coins. Londres: Spink & Son. ISBN 1 902040 35 X 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Arco de Augusto (19 a.C.)