Arco de Tibério

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

{{#coordinates:}}: não pode ter mais do que uma etiqueta primária por página

Arco de Tibério
Na parte inferior desta imagem do Arco de Constantino está o chamado "Friso de Constantino" mostrando o Arco de Tibério, a única imagem conhecida deste monumento.
Tipo Arco triunfal
Construção 16 d.C.
Proprietário inicial Germânico
Geografia
País Itália
Cidade Roma
Localidade VIII Região - Fórum Romano
Coordenadas 41° 53' 32.43" N 12° 29' 3.31" E
Arco de Tibério está localizado em: Roma
Arco de Tibério
Arco de Tibério

O Arco de Tibério (em latim: Arcus Tiberi) era um arco triunfal construído no ano 16 no Fórum Romano para celebrar a recuperação do estandarte da águia que havia sido perdido para as tribos germânicas por Públio Quintílio Varo em 9 pelo general romano Germânico em 15 ou 16[1].

O arco se estendia sobre o Vico Jugário (Vicus Jugarius) entre o Templo de Saturno e a Basílica Júlia. Ele foi dedicado ao imperador romano Tibério por que, durante o período imperial, apenas o imperador podia celebrar um triunfo e, por isso, a vitória de Germânico foi celebrada como um triunfo de Tibério.

Muito pouco se sabe sobre o monumento em si. Ele é mencionado nas fontes literários e é conhecido apenas por um relevo no Arco de Constantino. Aparentemente tinha apenas um arco central, como o ainda existente Arco de Tito, que é posterior, ladeado por duas colunas coríntias. Suas fundações foram encontradas no Fórum, mas não resta mais nada além delas[2].

Detalhe do friso. O Arco de Tibério aparece do lado esquerdo (do ponto de vista do espectador) do trono imperial.

Referências

  1. Grant, Michael (1970), The Roman Forum, London: Weidenfeld & Nicolson; Photos by Werner Forman, pg 212. (em inglês)
  2. Coarelli, Filippo (1984), Guida archeologica di Roma, Arnoldo Mondadori Editore, Verona. (em italiano)