Arco vulcânico da América Central

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mapa do arco vulcânico centro-americano, com legendas que mostram a localização de vários vulcões - na fronteira México/Guatemala: Tacaná; na Guatemala: Tajumulco, Santa Maria, Chicabal, Tolimán, Atitlán, Volcán de Fuego, Volcán de Agua, Pacaya, Chingo; em El Salvador: Apaneca Range, Chinchontepec ou San Vicente, Chaparrastique ou San Miguel, Chinameca e Conchagua; na Nicarágua: Cosiguina, Telica, Cerro Negro, Momotombo, Chiltepe, Mombacho e Concepción; na Costa Rica: Orosí, Rincón de la Vieja, Miravalles, Arenal, Barva, Turrialba e Irazú; no Panamá: Barú e La Yeguada.

O Arco vulcânico da América Central ou Arco vulcânico centro-americano (freqüentemente abreviado como CAVA) é uma cadeia de vulcões que se estende paralelamente à linha da costa do Istmo centro-americano, da Guatemala, El Salvador, Honduras, Nicarágua, Costa Rica, e até ao norte do Panamá. Este arco vulcânico, que tem um comprimento de 1 500 quilômetros (930 mi),[1][2] é formado por uma zona de subducção ativa ao longo do limite ocidental da Placa do Caribe.

O Arco Vulcânico Centro-Americano inclui centenas de formações vulcânicas, que vão desde os principais estratovulcões, à domo de lava e ao cone de cinza. Alguns destes produziram grandes erupções explosivas, como o colossal VEI 6 erupção do vulcão Santa Maria em 1902. Os maiores vulcões da América Central são encontrados na Guatemala e Tajumulco e Volcán Tacaná, ambos acima de 4.000 metros. Vários vulcões na América Central estão atualmente ativos, incluindo Arenal, Turrialba, Irazú, Poás em Costa Rica; Cerro Negro, San Cristóbal, Concepción na Nicaragua; Chaparrastique ou San Miguel, Ilamatepec ou Santa Ana, Izalco em El Salvador; Santa Maria/Santiaguito, Pacaya, Fuego na Guatemala.

Notas

  1. García, 2007: 13
  2. Rose et al. (1999:2) Menciona um comprimento de arco de 1.100 km.

Referências

Alvarez-Gómez, José A.; Paul T. Meijer; José J. Martinaz; Ramón Capote (2008). «Constraints from finite element modelling on the active tectonics of northern Central America and the Middle America Trench» (PDF). American Geophysical Union. Tectonics. 27 (1008): TC1008. Bibcode:2008Tecto..27.1008A. doi:10.1029/2007TC002162. Consultado em 4 de agosto de 2008 
García Quintero, Janett Josefina (2007). Geometría, sismicidad y deformación de la placa de Cosos subducida (tesis) (PDF) (em espanhol). Mexico, D.F.: Centro de Geociencias, UNAM 
Mann, Paul; Robert D. Rogers; Lisa Gahagan (2007). «Overview of plate tectonic history and its unresolved tectonic problems» (pdf). In: Bundschuh, Jochen & Guillermo E. Alvarado (Eds). Central America: Geology, Resources and Hazards. [S.l.]: Taylor & Francis. pp. 205–241. ISBN 978-0-415-41647-4 
Melían, G.; I. Galindo; P. A. Hernández; N. M. Pérez; M. Fernández; G. Alvarado; W. Strauch; F. Barahona; D. López (2005). «Subduction process and diffuse CO2 degassing rates along Central America volcanic arc» (PDF). European Geosciences Union. Geophysical Research Abstracts. 7. ISSN 1607-7962 
Rose, W.I.; Conway, F.M.; Pullinger, C.R.; Deino, A.; McIntosh, W.C. (1999). «An improved age framework for late Quaternary silicic eruptions in northern Central America» (PDF). Springer-Verlag. Bull Volcanol. 61 (61): 106–120. Bibcode:1999BVol...61..106R. doi:10.1007/s004450050266. Consultado em 15 de agosto de 2010 


Ícone de esboço Este artigo sobre vulcanologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.