Arenópolis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Arenápolis.
Município de Arenópolis
"Areia"
Bandeira indisponível
Brasão indisponível
Bandeira indisponível Brasão indisponível
Hino
Aniversário 14 de maio
Gentílico arenopolino
Lema Compromisso e trabalho
Prefeito(a) Ovarci Vilela Faria (PMDB)
Localização
Localização de Arenópolis
Localização de Arenópolis em Goiás
Arenópolis está localizado em: Brasil
Arenópolis
Localização de Arenópolis no Brasil
16° 23' 09" S 51° 33' 36" O16° 23' 09" S 51° 33' 36" O
Unidade federativa Goiás
Mesorregião Noroeste Goiano IBGE/2008[1]
Microrregião Aragarças IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Piranhas, Iporá, Palestina de Goiás, Diorama
Distância até a capital 280 km
Características geográficas
Área 1 074,591 km² [2]
População 3 011 hab. [[1]]
Densidade 2,8 hab./km²
Clima Tropical Aw
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,687 médio PNUD/2010[3]
PIB R$ 31 090,672 mil IBGE/2008[4]
PIB per capita R$ 8 802,57 IBGE/2008[4]

Arenópolis é um município do estado de Goiás. A população projetada pelo IBGE para 2016 é de 3.011 habitantes.

História[editar | editar código-fonte]

Por volta do ano de 1956, Albino Borges mudou-se para a região localizada entre três grandes propriedades, pertencentes aos senhores João Soares de Souza, Jerônimo de Campos e Teodoro Paião de Oliveira, no Município de Piranhas.

As terras ricas e férteis, despertou o interesses de muitos que das regiões vizinhas para lá emigraram com intenção de fixarem residências e desenvolveram diversas atividades econômica, época em que o senhor Albino Borges com sua habilidade profissional edificou várias casas, vendendo-as aos que ali chegavam. Surge assim o pequeno arraial, inicialmente chamado de patrimônio do Areia, nome este oriundo do nome do ribeirão que banha a região.

Passados poucos anos, eis que o pequeno aglomerado rural se transforma num próspero povoado, contando com alguns estabelecimentos comerciais, em 1964, mudou-separa a região o fazendeiro Antônio de Castro, que passou então a trabalhar em prol da transformação do povoado em Distrito de Piranhas. Graças aos incansáveis esforços de Antônio de Castro, o povoado ganha a sua primeira batalha rumo à emancipação, sendo elevado à categoria de Distrito de Piranhas com o nome de Arenópolis, através da Lei 7.474, de 02/12/1971 votada na Câmara Municipal de Piranhas. O distrito foi instalado em 15/04/1972. O distrito foi desmembrado de Piranhas através da Lei Estadual nº 9.153, de 14 de maio de 1982, tornando-se município e conservando o mesmo nome do distrito. A 1º de fevereiro de 1983 foi instalado o Município de Arenópolis, passando a constituir Termo da Comarca de Piranhas.

Principais vultos históricos Antônio de Castro e Silva, Ivone Horbylon Castro, Albino Borges, João Soares de Souza, Maria Miranda de Sousa, José Soares de Souza, Umbelino de Souza, Jerônimo Alves de Campos, Maria Paixão de Campos, Teodoro Paião de Oliveira, Maria Pinheiro da Conceição e Maria Divina Monteiro.

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010. 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 31 de julho de 2013. 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Goiás é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.