Ariramba-de-cauda-ruiva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Como ler uma infocaixa de taxonomiaAriramba-de-cauda-ruiva
Macho
Macho
Estado de conservação
Espécie pouco preocupante
Pouco preocupante (IUCN 3.1)
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Galbuliformes
Família: Galbulidae
Género: Galbula
Espécie: G. ruficauda
Nome binomial
Galbula ruficauda
Cuvier, 1816

Ariramba-de-cauda-ruiva (nome científico: Galbula ruficauda) é uma espécie de ave galbuliforme,[1] a mais conhecida e a de maior área de ocorrência do seu gênero.[2]

É nativa da região do México até a Bolívia e Argentina. Tais aves chegam a medir até 22 cm de comprimento, possuindo um bico fino e longo, com o dorso e peito de coloração verde-metálica.

Taxonomia e nomenclatura[editar | editar código-fonte]

A espécie foi descrita cientificamente por Georges Cuvier em 1816, que a batizou de Galbula ruficauda. Seu nome científico significa "pequeno pássaro amarelo com cauda castanha".

A ave recebe vários nomes populares em português, incluindo: jacamacira[3], ariramba-de-cauda-castanha, beija-flor-d'água, beija-flor-da-mata-virgem, beija-flor-do-mato-virgem, beija-flor-grande, bico-de-agulha, bico-de-agulha-de-rabo-vermelho, bico-de-sovela, cuitelão, fura-barreira, fura-barriga, guainumbi-guaçu, sovelão e barra-do-dia.

Em inglês, seu nome vulgar é "Rufous-tailed jacamar".

Subespécies[editar | editar código-fonte]

São reconhecidas seis subespécies:[4]

  • Galbula ruficauda ruficauda (Cuvier, 1816) ocorre do centro da Colômbia até as Guianas e o norte do Brasil; e em Trinidad e Tobago;
  • Galbula ruficauda pallens (Bangs, 1898) ocorre na região tropical árida do norte da Colômbia;
  • Galbula ruficauda brevirostris (Cory, 1913) ocorre no nordeste da Colômbia e noroeste da Venezuela, na região do Lago de Maracaibo;
  • Galbula ruficauda rufoviridis (Cabanis, 1851) ocorre do sul do Rio Amazonas no Brasil até o norte da Bolívia, Paraguai e no nordeste da Argentina;
  • Galbula ruficauda heterogyna (Todd, 1932) ocorre na Bolívia a leste da Cordilheira dos Andes e no centro-oeste do Brasil, no estado de Mato Grosso;
  • Galbula ruficauda melanogenia (P. L. Sclater, 1852) ocorre do sudeste do México, no estado de Veracruz, até o oeste do Equador.

Galeria de imagens[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. BirdLife International. «Galbula ruficauda» (em inglês). The IUCN Red List of Threatened Species 2012. Consultado em 24 de maio de 2016 
  2. Hilty, Steven L (2003). Birds of Venezuela. London: Christopher Helm. ISBN 0-7136-6418-5.
  3. www.dicionarioinformal.com.br/jacamacira/ Dicionário inFormal
  4. «ariramba-de-cauda-ruiva (Galbula ruficauda) | WikiAves - A Enciclopédia das Aves do Brasil». www.wikiaves.com.br. Consultado em 23 de setembro de 2021 
Ícone de esboço Este artigo sobre Aves, integrado ao Projeto Aves, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.