Arma de pressão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Coleção de carabinas de pressão de mola e com recarregamento via basculamento do cano.

Uma arma de pressão é um armamento que, por meio de ar comprimido, dispara projéteis. Tanto carabinas e pistolas de pressão impelem projéteis metálicos que podem ter o formato, tanto de um diabolô como de um bago presente nos cartuchos de espingarda. Entretanto, alguns modelos podem disparar dardos e flechas.

Os primeiros modelos foram desenvolvidos no século XVI, sendo usadas para caça, esporte e uso militar.

História[editar | editar código-fonte]

Pistolas de ar representam a mais antiga tecnologia pneumática. A pistola pneumática mecânica mais antiga existente, uma pistola pneumática de fole que remonta a cerca de 1580, fica no Museu Livrustkammaren, em Estocolmo. Este é o momento que a maioria dos historiadores reconhece como o início da pistola de ar moderna.

Ao longo do século XVII até o século XIX, canhões de ar nos calibres 0,30 a 0,51 foram usados ​​para caçar veados e javalis. Esses rifles de ar foram carregados usando uma bomba para encher um reservatório de ar e forneceram velocidades de 200 a 300 m/s. Eles também foram usados ​​em guerra, o exemplo mais reconhecido é o rifle de ar Girandoni.

Naquela época, eles tinham vantagens convincentes sobre as armas de fogo primitivas que existiam. Por exemplo, pistolas de ar podem ser usadas em tempo de chuva, e descarregada muito mais rápido também.[1]

Referências

  1. Schreier, Philip (23 de outubro de 2006). «The Airgun of Meriwether Lewis». American Rifleman. Consultado em 23 de dezembro de 2013. Cópia arquivada em 5 de dezembro de 2013