Arma secundária

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Exemplos de armas secundárias:
um revólver de cano curto e uma faca.

Uma arma secundária é uma arma, geralmente uma pistola ou revólver, mas às vezes uma faca, adaga, espada, baioneta ou outra arma para combate corpo a corpo, que é portada junto ao corpo em um coldre ou bainha (no caso de uma faca, punhal, espada ou baioneta) para permitir acesso e uso imediatos.[1]

Normalmente, uma arma secundária é um equipamento necessário para oficiais militares e também policiais. O pessoal uniformizado dessas forças usa suas armas secundárias abertamente, enquanto o pessoal à paisana as usam escondidas sob as roupas ("porte velado"). Uma arma secundária pode ser carregada sozinha ou como reserva de uma arma primária, como uma carabina, fuzil, espingarda ou submetralhadora.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Definition of SIDEARM». www.merriam-webster.com (em inglês). Consultado em 20 de novembro de 2019 
Este artigo relativo a armas de fogo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.