Armageddon 2419 A.D.

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Armageddon 2419 A.D.
Armageddon 2419 A.D. (BR)
Autor(es) Philip Francis Nowlan
Idioma inglês
Gênero ficção científica
Edição brasileira
Tradução Letícia Campopiano
Editora Dracaena
Lançamento 2012
Páginas 116
ISBN 9788564469907


Amazbuck.jpgAmazing stories 192903.jpg
Capa da Amazing Stories, Volume 3, número 5, Agosto de 1928, onde foi publicado o conto Armageddon 2419 A.D. A capa ilustra The Skylark of Space de E. E. Smith e de Amazing Stories, março de 1929, volume 3, número 12. A capa ilustra The Airlords of Han, ambas ilustradas por Frank R. Paul


Armageddon 2419 A.D. é uma novela de Philip Francis Nowlan, publicada pela primeira vez na edição de agosto de 1928 da revista pulp Amazing Stories.


Na novela, Anthony Rogers era um veterano da Primeira Guerra Mundial que após uma investigação em uma mina abandona e inala gases que o fazem entrar animação suspensa por 500 anos,[1] ao acordar, Rogers se depara com a terra dominada por orientais.[2]

Após Armageddon 2419 A.D. ser publicada, John F. Dille, o chefe do National Newspaper Syndicate (na época chamado John F. Dille Company) que atuava como syndicate distribuindo tiras de jornal, convenceu um Nowlan duvidosa para transformar o romance em uma tira diária, para ilustrar foi contratado Dick Calkins, o herói do romance Anthony Rogers teve o nome mudado para Buck Rogers e a tira recebeu o título de Buck Rogers in the 25th Century e foi publicada pela primeira vez em 7 de janeiro de 1929.[3]

Embora a capa da edição de Agosto de 1928 da revista Amazing Stories mostre um homem voando com um dispositivo antigravitacional como no romance de Nowlan, a capa ilustra o romance Skylark of Space de E. E. Smith, que estreou na mesma edição.[4] No Brasil o livro só foi publicado em 2012 pela Dracaena.[5]

Posteriormente, na década de 1960, a novela e sua continuação, The Airlords of Han, foram combinadas pelo editor Donald A. Wollheim num único livro de bolso intitulado igualmente Armageddon 2419 A.D..

A revista pulp Amazing Stories é um dos artefactos importantes que Mr. Lux possuia, na obra de João Barreiros e Luís Filipe Silva, Terrarium.[6]


Referências

  1. «Buck Rogers no Século 25». Consultado em 6 de agosto de 2016. Arquivado do original em 19 de setembro de 2016 
  2. «Utopia e Ficção Científica: a "geografia real" e os futuros (im)prováveis». Editora Escala. Leituras da História (6). Fevereiro de 2008. Arquivado do original em 21 de setembro de 2016 
  3. Dewey Cassell, Aaron Sultan, Mike Gartland (2005). The Art of George Tuska. [S.l.]: TwoMorrows Publishing. 103 páginas. 9781893905405 
  4. Gerard Jones (2006). Homens do Amanhã - geeks, gângsteres e o nascimento dos gibis. [S.l.]: Conrad Editora. 52 páginas. 85-7616-160-5 
  5. «Dracaena Catalogode 2012» (PDF). Editora Oxigênio. Arquivado do original (PDF) em 3 de março de 2016 
  6. BARREIROS, João; SILVA, Luís Filipe (2016). Terrarium. [S.l.]: Saída de Emergência 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço relacionado ao Projeto Literatura. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.