Axam

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Armah)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Axam
Ezana - single.jpg -- 26º Rei de Axum
Moedas cunhadas no reinado de Axam
Reinado 614–631
Antecessor(a) Gersão
Sucessor(a) Constantino
Pai Hataz

Axam[1] ( Ge'ez: አርማህ, trasns. ārimahi, conhecido em algumas fontes muçulmanas como Axama ibne Abjar (عشمة بن أبجر; reinou entre 614–631) foi o 26 º monarca do Império de Axum. Ele é conhecido principalmente pelas moedas cunhadas durante seu reinado. [2]

Axam abrigou Jafar ibne Abu Talibe, primo de Maomé e outros emigrantes muçulmanos por volta de 615-616 em Axum que fugiram da perseguição dos coraixitas. [3] Fontes muçulmanas confirmadas indicam que o profeta Maomé fez uma oração fúnebre ausente, conhecida como Salat al-Gha'ib (em árabe: صلاة الغائب), que é um tipo de oração fúnebre realizada sobre um muçulmano morto se eles morrerem em um lugar onde há não há muçulmanos para orar pelos mortos. Essa é uma das justificativas fornecidas pelos muçulmanos de que Anajaxi morreu como muçulmano. [4]

Axam foi os últimos rei axumita a emitir moedas. As moedas de bronze de seu reinado o mostram como uma figura de corpo inteiro entronizada, com motivos cruzados cristãos por toda parte. [5]

A partir do século VII, a ascensão da dinastia omíada causou o declínio final do Império de Axum. Os árabes dominaram o comércio do mar Vermelho, conquistando Adúlis e cortando as rotas comerciais do império. A produção agrícola caiu, provavelmente por problemas ambientais e de excessiva exploração da área circundante da cidade, que nos finais do século VIII foi reduzida a um vilarejo. As elites abandonaram a cidade, assim como os reis, que transferiram a capital de Axum para ao sul.[6]

Precedido por
Gersão
Ezana - single.jpg -- 26º Rei de Axum
614–631
Sucedido por
Constantino

Ver Também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Silva 1992, p. 275.
  2. Munro-Hay, Stuart C. (1991). Aksum:. An African Civilisation of Late Antiquity (em inglês). [S.l.]: Edinburgh University Press, p. 91. ISBN 978-0-7486-0106-6 
  3. Elfasi, M.; at all (1988). Africa from the Seventh to the Eleventh Century (em inglês). [S.l.]: UNESCO, p.560. ISBN 978-92-3-101709-4 
  4. «Sayings and Teachings of Prophet Muhammad (صلى الله عليه و سلم)». Sunnah. Consultado em 22 de janeiro de 2020 
  5. Markowitz, Mike (2019). «The Coinage of Aksum». Ancient Coins and Cultures (em inglês). Consultado em 22 de janeiro de 2020 
  6. Dumper, Michael; Stanley, Bruce E. (2007). Cities of the Middle East and North Africa: A Historical Encyclopedia (em inglês). [S.l.]: ABC-CLIO, pp 16-21. ISBN 978-1-57607-919-5 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Silva, Alberto da Costa (1992). A Enxada e a Lança - A África Antes dos Portugueses. Rio de Janeiro: Editora Nova Fronteira Participações S.A. ISBN 978-85-209-3947-5