Arnaldo Claro São Tiago

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Arnaldo Claro São Thiago
deputado à Assembleia Legislativa de Santa Catarina
Período (8ª legislatura) 1913
a 1915
Período (9ª legislatura) 1916
a 1918
Dados pessoais
Nascimento 1 de julho de 1886
São Francisco do Sul,
Santa Catarina,
Império do Brasil
Morte 9 de abril de 1979
Rio de Janeiro,
Rio de Janeiro,
Brasil
Nacionalidade  Brasileira
Progenitores Mãe: Clara Almeida São Thiago
Pai: Joaquim Antônio de São Tiago
Alma mater Escola Normal Catarinense
Esposa Maria Eugênia de Oliveira

Arnaldo Claro São Thiago (São Francisco do Sul, 1 de julho de 1886Rio de Janeiro, 9 de abril de 1979) foi um político brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho de Joaquim Antônio de São Tiago e de Clara Almeida São Thiago. Era sobrinho do ex-vice-governador de Santa Catarina Polidoro Olavo de São Tiago.

Casou-se com Maria Eugênia de Oliveira, e deste consórcio nasceram o militar Arnaldo Filho, o médico homeopata e professor de química Lauro e outros dez filhos. [1]

Em 1904, diplomou-se pela antiga Escola Normal Catarinense. [2]

Foi fundador dos jornais A Folha do Comércio e O Município. [2]

Integrou diversas instutições nacionais, como a Federação das Academias de Letras do Brasil, a Academia de Letras José de Alencar de Curitiba, o Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina, a Sociedade Brasileira de Filosofia. [2]

Foi membro fundador da cadeira 19 na Academia Catarinense de Letras, da qual seu pai é patrono.

Política[editar | editar código-fonte]

Foi deputado à Assembleia Legislativa de Santa Catarina na 8ª legislatura (1913 — 1915) e na 9ª legislatura (1916 — 1918).

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Prelúdios (1914)
  • Fagulhas (1927)
  • Ruínas (1936)
  • Escrínio d’alma (1944)
  • Pórtico (1955)
  • Últimos Cantos (1970)
  • Lírica Espírita (1975)

Representação na cultura[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Piazza, Walter: Dicionário Político Catarinense. Florianópolis : Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1985.

Referências

  1. TI, FEB (9 de setembro de 2014). «Lauro de Oliveira São Thiago (Lauro S. Thiago)». FEB Editora 
  2. a b c «Panegírico da Academia São José de Letras- Patrono Arnaldo Claro de Santiago :: Vera De Barcellos». www.veradebarcellos.com.br. Consultado em 25 de abril de 2018 


Precedido por
Joaquim Antônio de São Tiago
(patrono)
Logo academia.gif ACL - fundador da cadeira 19
Sucedido por
Arthur Pereira e Oliveira
Precedido por
-
ALB - patrono da cadeira 18
Sucedido por
Fabiana de Oliveira Sandri (fundadora)


Ícone de esboço Este artigo sobre políticos ou política de Santa Catarina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.