Arnaldo de Bréscia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Arnaldo de Brescia)
Ir para: navegação, pesquisa
Um monumento a Arnaldo, em Bréscia, Itália.
Execução de Arnaldo de Bréscia em Roma, 1155)

Arnaldo de Bréscia (Bréscia, 1090 ou 1105? — Roma, 1155), também conhecido por Arnoldo da Brescia, ou simplesmente por Arnaldus foi um monge católico e reformador religioso discípulo de Pedro Abelardo.[1] Ele exigiu que a Igreja renúncia seu direito de ter propriedade e participou da fracassada Comuna de Roma.

Exilado pelo menos três vezes ao longo da vida, ele foi eventualmente capturado e enforcado por ordens do Papado, tendo seu corpo posteriormente queimado e suas cinzas jogadas no rio Tibre. Apesar dele ter falhado como reformador e líder político, seus ensinamentos sobre pobreza apostólica ganhou proeminência após sua morte entre os "Arnoldistas" e também com os valdenses e os fraticellis.[2] Muitos o colocam como um dos precursores da Reforma Protestante.[3]

Referências

  1. Niccolini, Giovanni Battista. Arnold of Brescia: a tragedy. London [s.n.], 1846 
  2. A vida de Arnoldo depende das fontes escritas por Otto de Freising e um capítulo de John de Salisbury no livro Historia Pontificalis.
  3. Rosalind B. Brooke. The Coming of the Friars (1974).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Arnaldo de Bréscia
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.