Arnaldur Indriðason

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Arnaldur Indriðason
Arnaldur Indriðason em Helsinki Book Fair, Finlândia, 2004
Nascimento 28 de janeiro de 1961 (55 anos)
Reykjavík, Islândia
Ocupação Escritor, jornalista, crítico de cinema
Magnum opus A Cidade dos Vidros
Prémios Prémio Chave de Vidro (2002, 2003)

Arnaldur Indriðason ou Arnaldur Indridason, na grafia portuguesa, (28 de janeiro de 1961, Reykjavík) é um escritor islandês. A Cidade dos Vidros, um romance policial, é a sua primeira obra publicada em português, lançada no Brasil em 2008. Arnaldur Indridason formou-se em história, é jornalista e crítico de cinema, e se notabilizou pela série policial com o detetive Erlendur Sveinsson. O escritor vive com a mulher e três filhos em Reykjavík.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Série do Detetive Erlendur[editar | editar código-fonte]

  1. Synir duftsins (1997)
  2. Dauðarósir (1998)
  3. Mýrin (2000); A Cidade dos Vidros (2008)
  4. Grafarþögn (2001); O Silêncio do Túmulo (2011)
  5. Röddin (2002); Vozes (2012)
  6. Kleifarvatn (2004); O Segredo do Lago (2013)
  7. Vetrarborgin (2005)
  8. Hypothermia (2007)
  9. Myrká (2008)
  10. Svörtuloft (2009)
  11. Furðustrandir (2010)
  12. Einvígið (2011)
  13. Reykjavíkurnætur (2012)

Outros livros[editar | editar código-fonte]

  1. Napóleonsskjölin (1999)
  2. Bettý (2003)
  3. Konungsbók (2006)
  4. Skuggasund (2013)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um(a) escritor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.