Arneiro das Milhariças

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Portugal Portugal Arneiro das Milhariças 
  Freguesia  
Símbolos
Brasão de armas de Arneiro das Milhariças
Brasão de armas
Gentílico Arneirense
Localização
Arneiro das Milhariças está localizado em: Portugal Continental
Arneiro das Milhariças
Localização de Arneiro das Milhariças em Portugal
Coordenadas 39° 24' 02" N 8° 42' 18" O
Município STR.png Santarém
Administração
Tipo Junta de freguesia
Presidente Paulo Jorge Gaspar Guedes (PPD/PSD)
Características geográficas
Área total 12,01 km²
População total (2011) 835 hab.
Densidade 69,5 hab./km²

Arneiro das Milhariças é uma freguesia portuguesa do município de Santarém, com 12,01 km² de área e 835 habitantes (2011). A sua densidade populacional é 69,5 hab/km².

População[editar | editar código-fonte]

População da freguesia de Arneiro das Milhariças [1]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
676 742 823 920 1 054 1 190 1 726 1 476 1 489 1 442 1 226 1 037 991 936 835
Distribuição da População por Grupos Etários
Ano 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos
2001 98 113 433 292 10,5% 12,1% 46,3% 31,2%
2011 91 69 402 273 10,9% 8,3% 48,1% 32,7%

Média do País no censo de 2001: 0/14 Anos-16,0%; 15/24 Anos-14,3%; 25/64 Anos-53,4%; 65 e mais Anos-16,4%

Média do País no censo de 2011: 0/14 Anos-14,9%; 15/24 Anos-10,9%; 25/64 Anos-55,2%; 65 e mais Anos-19,0%

História[editar | editar código-fonte]

Arneiro das Milhariças é uma freguesia criada a 10 de fevereiro de 1694, desanexada da de Pernes pelo Dr. João de Matos Henriques, prior de Nossa Senhora dos Anjos de Vila Verde, visitador do arcebispo de Lisboa e cardeal D. Luís de Sousa, por um termo feito pelo padre José Delgado de Sousa, tendo sido a Igreja entregue ao pároco no dia seguinte a 11 de fevereiro de 1694. O seu duplo topónimo deriva de dois nomes: Arneiro, que significa terra delgada e arenosa; e Milhariças que é uma reminiscência de um lugar mais antigo que existia nas proximidades.

Tudo leva a crer ser uma povoação muito antiga por onde terá passado D. Afonso Henriques aquando da conquista de Santarém aos mouros em 1147. Fica situada num planalto a 5 km de Pernes e 25 km de Santarém.

É constituída por vários lugares: Casais da Ferreira, Casais da Milhariça, Arneiro, Azenha e Almeirim. Pertenceu ao termo e concelho de Alcanede até 1598, passando depois ao concelho de Pernes até 24 de outubro de 1855 e, após a extinção deste, passou ao de Santarém, onde permanece atualmente.

Antiga paróquia de S. Lourenço pertenceu ao Patriarcado até à criação da diocese de Santarém, em 16 de julho de 1975, pela Bula "Aposticae Sedis Consuetudinem", do Papa Paulo VI, diocese sufragânea de Lisboa. Atualmente pertence ao arciprestado de Santarém.[2]

Património[editar | editar código-fonte]

  • Igreja Paroquial de Arneiro das Milhariças.

Referências

  1. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  2. Página do Arquivo Distrital de Santarém

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.