Aron Jóhannsson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Aron Jóhannsson
Johannsson Austria vs. USA 2013-11-19 (003) (cropped).jpg
Informações pessoais
Nome completo Aron Jóhannsson
Data de nasc. 10 de novembro de 1990 (27 anos)
Local de nasc. Mobile, Estados Unidos
Altura 1,84 m
Informações profissionais
Clube atual Werder Bremen
Número 9
Posição Atacante
Clubes de juventude
2000–2004
2005
2006–2008
Fjölnir
Breiðablik
Fjölnir
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2008–2010
2010–2013
2013–2015
2015–
2015–
Fjölnir
AGF
AZ
Werder Bremen
Werder Bremen B
0051 000(18)
0070 000(24)
0071 000(39)
0023 0000(5)
0001 0000(0)
Seleção nacional3
2011–2012
2013–
Islândia Sub-21
Estados Unidos
0010 0000(1)
0017 0000(4)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 6 de fevereiro de 2018.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 25 de julho de 2015.

Aron Jóhannsson (Mobile, 10 de novembro de 1990), é um futebolista Americano que atua como atacante. Atualmente, joga pelo Werder Bremen.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Filho de islandeses radicados no Alabama, mudou-se para a terra natal de seus pais aos 3 anos. Em 2000, defendeu as categorias de base do Fjölnir, onde voltaria em 2006 logo após deixar o Breiðablik.

De volta ao Fjölnir em 2008, Jóhansson profissionalizou-se aos 17 anos, marcando 13 gols em 30 partidas pelo clube. Seu desempenho chamou atenção de várias equipes, mas foi o dinamarquês AGF quem levou a melhor, contratando o jovem atacante em 2010. Em três temporadas, foi um dos destaques do time, ajudando-o na promoção à elite do futebol dinamarquês em 2011.

O atacante bateu um recorde do Campeonato Dinamarquês em agosto de 2012, ao marcar o hat-trick mais rápido da história do torneio: em apenas 3 minutos e 50 segundos, Aron marcou três gols contra o AC Horsens, derrotado por 4 a 1 - o quarto gol também foi marcado pelo norte-americano, aos 16 minutos.

Em agosto de 2015, Jóhannsson acertou com o Werder Bremen, para assumir a camisa 9.

Após sua chegada ao clube de Bremen, Jóhannsson sofreu uma grave lesão ao final da temporada 2014/2015.Voltou aos gramados em novembro de 2016.

Seleção[editar | editar código-fonte]

Por seu desempenho no Campeonato Dinamarquês, Aron defenderia a seleção sub-21 da Islândia entre 2011 e 2013. Sua primeira convocação para o time principal foi em outubro do ano seguinte, pelas eliminatórias da Copa de 2014, contra Suíça e Albânia. No entanto, uma lesão na virilha minou sua chance de defender a Islândia.

Elegível também para representar os Estados Unidos, o atacante publicou em seu Facebook que passaria a representar a seleção local - em maio de 2013, o técnico dos EUA, Jürgen Klinsmann, disse que Aron estava sendo "observado de perto" por suas atuações no AZ. Em seguida, o atacante desejou um futuro melhor para a Islândia.

A estreia com a camisa dos EUA foi em agosto de 2013, contra a Bósnia, entrando no lugar de Eddie Johnson. Marcou seu primeiro gol em outubro do mesmo ano, contra o Panamá - este gol foi decisivo para a classificação do México para a repescagem, uma vez que os panamenhos venciam por 2 a 0 e eliminavam "La Tri" da Copa. Antes, Graham Zusi havia empatado o jogo e contribuiu ainda para a classificação mexicana.

Incluído por Klinsmann na lista de 23 convocados, Aron disputou apenas um jogo, contra Gana. Ele substituiu o lesionado Jozy Altidore aos 23 minutos do primeiro tempo.

Títulos[editar | editar código-fonte]

AGF[editar | editar código-fonte]

AZ[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Perfil de Soccerway». Consultado em 6 de Julho de 2014. 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Aron Jóhannsson

Ligações externas[editar | editar código-fonte]