Aron Jóhannsson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Aron Jóhannsson
Johannsson Austria vs. USA 2013-11-19 (003) (cropped).jpg
Informações pessoais
Nome completo Aron Jóhannsson
Data de nasc. 10 de novembro de 1990 (29 anos)
Local de nasc. Mobile, Estados Unidos
Altura 1,84 m
Informações profissionais
Clube atual Hammarby IF
Número
Posição Atacante
Clubes de juventude
2000–2004
2005
2006–2008
Fjölnir
Breiðablik
Fjölnir
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2008–2010
2010–2013
2013–2015
2015–2019
2017
2019–
Fjölnir
AGF
AZ
Werder Bremen
Werder Bremen ll
Hammarby IF
0051 000(18)
0070 000(24)
0071 000(39)
0030 0000(5)
0002 0000(0)
0000 0000(0)
Seleção nacional3
2011–2012
2013–
Islândia Sub-21
Estados Unidos
0010 0000(1)
0019 0000(4)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 18 de maio de 2019.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 8 de setembro de 2015.

Aron Jóhannsson (Mobile, 10 de novembro de 1990), é um futebolista Americano que atua como atacante. Atualmente, joga pelo Hammarby IF.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Filho de islandeses radicados no Alabama, mudou-se para a terra natal de seus pais aos 3 anos. Em 2000, defendeu as categorias de base do Fjölnir, onde voltaria em 2006 logo após deixar o Breiðablik.

De volta ao Fjölnir em 2008, Jóhansson profissionalizou-se aos 17 anos, marcando 13 gols em 30 partidas pelo clube. Seu desempenho chamou atenção de várias equipes, mas foi o dinamarquês AGF quem levou a melhor, contratando o jovem atacante em 2010. Em três temporadas, foi um dos destaques do time, ajudando-o na promoção à elite do futebol dinamarquês em 2011.

O atacante bateu um recorde do Campeonato Dinamarquês em agosto de 2012, ao marcar o hat-trick mais rápido da história do torneio: em apenas 3 minutos e 50 segundos, Aron marcou três gols contra o AC Horsens, derrotado por 4 a 1 - o quarto gol também foi marcado pelo norte-americano, aos 16 minutos.

Em agosto de 2015, Jóhannsson acertou com o Werder Bremen, para assumir a camisa 9.

Após sua chegada ao clube de Bremen, Jóhannsson sofreu uma grave lesão ao final da temporada 2014/2015.Voltou aos gramados em novembro de 2016.

Seleção[editar | editar código-fonte]

Por seu desempenho no Campeonato Dinamarquês, Aron defenderia a seleção sub-21 da Islândia entre 2011 e 2013. Sua primeira convocação para o time principal foi em outubro do ano seguinte, pelas eliminatórias da Copa de 2014, contra Suíça e Albânia. No entanto, uma lesão na virilha minou sua chance de defender a Islândia.

Elegível também para representar os Estados Unidos, o atacante publicou em seu Facebook que passaria a representar a seleção local - em maio de 2013, o técnico dos EUA, Jürgen Klinsmann, disse que Aron estava sendo "observado de perto" por suas atuações no AZ. Em seguida, o atacante desejou um futuro melhor para a Islândia.

A estreia com a camisa dos EUA foi em agosto de 2013, contra a Bósnia, entrando no lugar de Eddie Johnson. Marcou seu primeiro gol em outubro do mesmo ano, contra o Panamá - este gol foi decisivo para a classificação do México para a repescagem, uma vez que os panamenhos venciam por 2 a 0 e eliminavam "La Tri" da Copa. Antes, Graham Zusi havia empatado o jogo e contribuiu ainda para a classificação mexicana.

Incluído por Klinsmann na lista de 23 convocados, Aron disputou apenas um jogo, contra Gana. Ele substituiu o lesionado Jozy Altidore aos 23 minutos do primeiro tempo.

Títulos[editar | editar código-fonte]

AGF[editar | editar código-fonte]

AZ[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Perfil de Soccerway». Consultado em 6 de Julho de 2014 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Aron Jóhannsson

Ligações externas[editar | editar código-fonte]