Arquidiocese de Campobasso-Boiano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Arquidiocese de Campobasso-Boiano
Archidiœcesis Campobassensis-Boianensis
Localização
País Itália
Dioceses sufragâneas Isernia-Venafro
Termoli-Larino
Trivento
Estatísticas
Área 1,120 km²
Informação
Rito Rito romano
Criação da diocese Século XI
Padroeiro São Jorge
Governo da arquidiocese
Arcebispo João Carlos Maria Bregantini
Jurisdição Arquidiocese Metropolitana

A Arquidiocese de Campobasso-Boiano, (em Latim Archidioecesis Campobassensis - Boianensis) é uma circunscrição eclesiástica da Igreja Católica na Itália,[1] pertencente à Província Eclesiástica dos Abruzos-Molise[1] e à Conferenza Episcopale Italiana.

Em 2016 contava 121 mil batizados em uma população de 127 mil habitantes.[1] É atualmente governada pelo arcebispo João Carlos Maria Bregantini.[1]

Territorio[editar | editar código-fonte]

Sua està na cidade de Campobasso, Região Molise. Da Arquidiocese fazem parte algumas comunas da Provincia de Campobasso. Seu território é dividido em 70 paróquias.[1]

História[editar | editar código-fonte]

A Arqudiocese de Boiano foi erguida no século XI, e há noticias de um bispo no ano 1061.

Em 29 de junho 1927 assumiu o nome de Diocese de Boiano-Campobasso.

Em 11 de fevereiro 1973, a Diocese, que era sufragânea da Arquidiocese de Benevento, foi erguida à Arquidiocese e em 21 de agosto 1976 teve o tìtulo de Metropolitana.

Administração[editar | editar código-fonte]

Arcebispos do século XX:[1]

Referências

  1. a b c d e f Cheney, David M. (2019). «Archdiocese of Campobasso-Boiano». The Hierarchy of the Catholic Church. Consultado em 22 de julho de 2019. Cópia arquivada em 30 de março de 2019