Arquidiocese de Esztergom-Budapeste

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Arquidiocese de Esztergom-Budapeste
Archidiœcesis Strigoniensis-Budapestinensis
Localização
País Hungria
Dioceses sufragâneas Győr
Hajdúdorog
Székesfehérvár
Estatísticas
Área 1,543 km²
Informação
Rito romano
Criação da diocese século XI
Elevação a arquidiocese 24 de março de 1452, como Sé Primacial
Governo da arquidiocese
Arcebispo Péter Erdő
Jurisdição Sé Metropolitana Primacial
Contatos
Página oficial http://www.esztergomi-ersekseg.hu/

A Arquidiocese de Esztergom-Budapeste (Archidiœcesis Strigoniensis-Budapestinensis) é uma arquidiocese da Igreja Católica situada nas cidades de Esztergom e de Budapeste, na Hungria. É fruto da renomeação da Arquidiocese de Esztergom, criada por volta do ano 1000. Acompanha seu título o de Primaz da Hungria. Seu atual arcebispo é Péter Erdő. Suas Sés são a Catedral de Santo Adalberto de Esztergom e a Basílica de Santo Estêvão.

Possui 152 paróquias, contando com 60,2% da população jurisdicionada batizada.

História[editar | editar código-fonte]

A arquidiocese de Esztergom foi eregida no século XI, a pedido do Rei Estêvão I. Em 24 de março de 1452 foi elevada à categoria de arquidiocese metropolitana primacial, pelo Papa Nicolau V.

De 1543 a 1820, a residência ficou em Trnava (atualmente na Eslováquia).

Em 13 de março de 1776, o território do norte da diocese deu origem às novas Dioceses de Banská Bystrica e Rožňava Spis.

Após a Primeira Guerra Mundial, a Arquidiocese foi dividida entre a Hungria e a Tchecoslováquia. Em 29 de maio de 1922, no território da Tchecoslováquia foi formado a Administração Apostólica de Trnava (agora Arquidiocese de Trnava).

Em 31 de maio de 1993 adquiriu parte do território da Diocese de Vác, incluindo a cidade de Peste e assumiu o nome atual de Arquidiocese de Esztergom-Budapeste.

Arcebispos[editar | editar código-fonte]

Domonco I (1000 - 1002)
Jusztinián György Serédi (arcebispo 1927-1945) com a capa magna

Ligações externas[editar | editar código-fonte]