Arquidiocese de Hamburgo-Bremen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Arquidiocese de Hamburgo-Bremen
Arquidiocese de Hamburgo-Brema
Archidiocesis Bremensis
Wappen Erzbistum Bremen.png
Localização
País Sacro Império Romano Germânico
HRR 1648 Erz Bremen.png
Informação
Rito Católico (787–1540)
Luterano (1540–1648)
Criação 787

A Arquidiocese de Bremen ou Brema (em alemão: Erzbistum Bremen), já designada Arquidiocese de Hamburgo-Bremen ou Hamburgo-Brema, foi uma diocese católica entre 787 e 1540, fundada pelo imperador Carlos Magno. Depois da reforma protestante, foi diocese luterana de 1540 a 1648. Bremen foi sede da província eclesiástica que abrangia os bispados da Escandinávia, durante o processo de cristianização dos Países Nórdicos.[1][2]

Missionários desta arquidiocese foram enviados à Dinamarca, Suécia e Países Bálticos com a missão de espalhar a fé cristã. O primeiro arcebispo foi Ansgário (831–865), cuja vida é preservada na Vida de Ansgário, e o segundo Rimberto (865–889).[1][2] O cronista Adão escreveu os Feitos dos Bispos da Igreja de Hamburgo que narra a história da arquidiocese.[3]

Referências

  1. a b Orrling 1995, p. 97-98.
  2. a b Bakken 2000.
  3. Piltz 2019.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Piltz, Anders (2019). «Vänern». Enciclopédia Nacional Sueca (em sueco). Gotemburgo: Universidade de Gotemburgo