Arquiducado da Áustria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Erzherzogtum Österreich
Arquiducado da Áustria

Estado do Sacro Império Romano-Germânico

Blank.png
960 – 1918 Flag of Lower Austria (state).svg
 
Flag of Upper Austria (state).svg
Flag Brasão
Bandeira do Arquiducado Brasão de armas do Arquiducado
Localização de Austria
O arquiducado em 1477, mostrado em laranja
Continente Europa
Região Europa
País Áustria
Capital Viena
48° 13' N 16° 22' E
Língua oficial Alemão bávaro
Religião Catolicismo
Governo Monarquia
Marquês
 • 976–994 Leopoldo I
(primeiro marquês)
 • 1136–41 Leopoldo IV¹
(último marquês)
Duque
 • 1141–77 Henrique II Jasomirgott¹
(primeiro duque, a partir de 1156)
 • 1230–46 Frederico II
(último duque Babenberg)
 • 1278–91 Rodolfo I
(primeiro duque Habsburgo)
 • 1330–58 Alberto II²
(último duque de facto)
Período histórico Idade Média
 • 955 de {{{ano_evento_anterior}}} Batalha de Lechfeld
 • 960 Fundação do marquês
 • 1156 de {{{ano_evento1}}} Elevado a ducado
 • 1359 de {{{ano_evento2}}} Elevado a arquiducado
 • 1453 de {{{ano_evento3}}} Arquiducado reconhecido
pelo Sacro Império Romano-Germânico
 • 11 de agosto de 1804 de {{{ano_evento4}}} Proclamação do Império Austríaco
 • 31 de outubro de 1918 de 1918 Dissolução do Império: Dividido entre Áustria e Alemanha
 • 10 de setembro de 1919 de {{{ano_evento_posterior}}} Tratado de St Germain
1: Também Duques da Baviera a partir de 1139.
2: Também duque até 1344, primeiramente com Oto o Feliz, então com Leopoldo II.
3: Sacro Imperador Romano-Germânico, como Frederico III, entre 1452–93; Rei dos Romanos entre 1440–93; Duque da Estíria, Caríntia e Carniola entre 1424–93. Ambos ducados e arquiducado eram governandos com Alberto VI até 1463.
4: Sacro Imperador Romano-Germânico, como Francisco II, entre 1792–1806.
5: O arquiducado permaneceu como Kronland Cisleitaniana dentro do Império, como um dos territórios em união pessoal com os imperadores Habsburgo.

O Arquiducado da Áustria (em alemão: Erzherzogtum Österreich), um dos estados mais importantes dentro do Sacro Império Romano-Germânico, foi o centro da Monarquia Habsburgo e o predecessor do Império Austríaco. Por mais de 700 anos, ele envolveu o marquês no centro de um império. Com a sua capital em Viena, o arquiducado foi centrado na área dos atuais estados federais austríacos da Baixa Áustria e a maior parte do estado da Alta Áustria.

Marchia Orientalis sob os Babenbergs[editar | editar código-fonte]

Na época dos Carolíngios e durante o início da Idade Média, o núcleo do território que se tornaria o Arquiducado da Áustria era conhecido como marchia orientalis ou "marca oriental". Os migrantes etnicamente germânicos deslocaram antigas populações eslavas nos séculos IX e X e, depois da Batalha de Lechfeld em 955, a área se tornou uma das marcas do Sacro Império Romano-Germânico governado por um marquês por volta de 960. A partir de 976, o território foi governado pela dinastia Babenberg e isso veio a ser conhecido como Ostarrîchi ("Reino Oriental"), o ancestral linguístico do nome alemão para a Áustria, Österreich.

Ducado da Áustria[editar | editar código-fonte]

Em 1156, o marquês ganhou o estatuto de duque através do Privilegium Minus publicado pelo Sacro Imperador Romano-Germânico Frederico I. Em 1278, Rodolfo I derrotou Otacar II da Boêmia e assegurou o ducado para a dinastia Habsburgo.

Arquiducado da Áustria[editar | editar código-fonte]

Em 1359, o Privilegium Maius falsificado foi usado pelo duque Rodolfo IV para elevar o estatuto de Ducado para Arquiducado, mas isso não foi reconhecido pelo Sacro Império Romano-Germânico. Ernesto foi o primeiro a adotar o título de Arquiduque. O arquiducado não foi formalmente reconhecido, até os Hahsburgos ganharem o controle do trono do Sacro Império Romano-Germânico em 1453 sob Frederico III. A Áustria foi o único Estado designado como Arquiducado. A partir do século XVI, membros da Casa de Habsburgo tinham o título de Arquiduque ou Arquiduquesa similar ao "príncipes ou princesas de sangue ou Infante" em outras Casas Reais europeias. A partir de 1512, o Arquiducado foi também o centro de um círculo imperial do Sacro Império Romano-Germânico, o Círculo Austríaco, o qual consistia majoritariamnete das Terras Hereditárias dos Habsburgo.

Ver também[editar | editar código-fonte]