Arquipélago Nordenskiöld

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Arquipélago Nordenskiöld
Kara sea NA.PNG
Localização das ilhas no mar de Kara
Geografia física
Localização Mar de Kara
Número de ilhas >90
Geografia humana
População 0

O Arquipélago de Nordenskiöld ou Nordenskjold (em russo: Архипелаг Норденшельда; ou Arkhipelag Nordenshel'da) é um grande e complexo arquipélago desabitado, localizado no ártico siberiano, na região oriental do mar de Kara. O seu limite oriental está 120 km a oeste da península de Taymyr.

Administrativamente, todas as ilhas do arquipélago pertencem ao Krai de Krasnoyarsk da Federação Russa.

O arquipélago de Nordenskiöld estende-se por quase 100 km de oeste a leste, ao longo da região costeira do mar de Kara, frente às margens siberianas numa zona onde há outras grandes ilhas costeiras, como a (ilha de Taymyr e a ilha Nansen).

Grupos de ilhas do arquipélago

O arquipélago tem cerca de 90 ilhas, frias, castigadas pelo vento e desoladas. São ilhas pouco montanhosas (o ponto mais alto de todo o arquipélago tem 107 m, na ilha Tchabak) e são formadas principalmente por rochas ígneas que estão cobertas com vegetação de tundra. O clima no arquipélago é ártico e severo e as ilhas permanecem cobertas de neve de outubro a maio, com temperaturas muito baixas e frequentes tempestades de neve. O mar que rodeia o complexo grupo de ilhas está coberto por gelo permanente no inverno e fica obstruído por gelo mesmo durante o curto verão, que dura apenas uns dois meses num ano normal. Frequentemente, o nevoeiro e a chuva não deixam a temperatura subir, pelo que em alguns anos o gelo entre as ilhas não se derrete.

As ilhas principais são: Russkij, Ermolov, Petersen, Krasin, Bianki, Dobrinija Nikitič, Nord, Tyrtov. O arquipélago subdivide-se em cinco grupos principais, mais quatro ilhas isoladas e um grupo menor, Faz parte da Reserva natural do Grande Ártico desde 1993.[1]

Não houve nenhuma presença humana em nenhuma das ilhas do arquipélago, com exceção de duas estações meteorológicas, uma permanente que operou na ilha Russki entre 1935 e 1999 e outra mais esporádica, na ilha Tyrtov (Tyrtova) (1940-1975).

Este arquipélago foi descoberto por Nikifor Chekin, em 1740. Chekin acompanhava Semion Chelyuskin na Grande Expedição do Norte. Muitos anos depois o arquipélago receberia o nome do explorador ártico Adolf Erik Nordenskiöld, dado pelo explorador polar norueguês Fridtjof Nansen.

Ver também[editar | editar código-fonte]


Referências

  1. (em inglês) «Informações sobre a Reserva natural do Grande Ártico em Bigartic.ru». Consultado em 29 de janeiro de 2012. Arquivado do original em 8 de fevereiro de 2012 
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Rússia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.