Arquivo Distrital de Braga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Edifício principal do Arquivo Distrital.

O Arquivo Distrital de Braga, fundado a 11 de Agosto de 1917 pelo Decreto-lei n.º 3286[1], é a instituição responsável pela preservação documental do Distrito de Braga. O arquivo é o segundo maior de Portugal com mais de um milhão de obras[2], e "detentor do mais rico e importante de todos os cartórios eclesiásticos portugueses: o Cartório do Cabido Bracarense"[3].

O mais antigo documento data de 813[4] e o mais importante é o "Documento da Fundação de Portugal", de 27 de Maio de 1128.[5]

O Arquivo em 1976, Decreto-Lei n.402/73 de 11 de Agosto[6], foi integrado na então recém criada Universidade do Minho.

Actualmente o Arquivo Distrital e a Biblioteca Pública de Braga encontram-se instalados num magnífico edifício do antigo Paço Episcopal Bracarense na Praça do Município, mandado construir pelo arcebispo D. José de Bragança.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]