Arquivo Histórico Estadual de Goiás

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

O Arquivo Histórico Estadual é um dos prédios que formam o complexo da AGEPEL, localizado na Praça Cívica de Goiânia, capital do estado brasileiro de Goiás.[1] O Arquivo Histórico Estadual é responsável por abrigar porções relevantes e palpáveis da História de Goiás.

História[editar | editar código-fonte]

Sua história está ligada aos primeiros tempos de Goiânia. Até 1924, competia a cada secretaria a custódia e a manutenção dos documentos.[1]

Sua finalidade é receber, localizar, recolher, reunir, recuperar, preservar, organizar e divulgar o patrimônio documental do poder público, visando estimular estudos e pesquisas que revelem a memória e as raízes históricas do estado. O Arquivo Histórico Estadual abriga e organiza os documentos mais antigos de Goiás, e aqueles classificados como documentos históricos.

O Arquivo Histórico Estadual atende pesquisadores, historiadores e outros estudiosos e desenvolve pesquisas. Seu acervo é composto de documentos de valor histórico correspondentes aos períodos colonial, imperial e republicano. O Setor de Códices reúne 2.321 volumes, destacando-se registros da correspondência dos presidentes da província e governadores do estado de Goiás. O livro mais antigo (1748-1762) registra as correspondências de Thomé Ignácio da Costa Mascarenhas.

Ícone de esboço Este artigo sobre um museu é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Arquivo Histórico de Goiás». Governo de Goiás. Consultado em 17 de novembro de 2015. Cópia arquivada em 6 de outubro de 2015