Arrátel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O arrátel era a unidade de base de peso do antigo sistema português de medidas. Até à adopção do sistema métrico, no século XIX, o arrátel foi usado em Portugal, no Brasil e em outros territórios do Ultramar Português.[1]

Os valores absoluto e relativo do arrátel foram sendo alterados desde a Idade Média até serem fixados como equivalentes aos da libra (ibérica), por decreto do Rei D. Manuel I em 1499. A partir de então, o "arrátel" passou a ser o mesmo que "libra".[2][3]

Valores do arrátel ao longo dos tempos[editar | editar código-fonte]

Tabela de unidades de peso portuguesas a partir de 1499[editar | editar código-fonte]

Quintal Arroba Arrátel Onça
Quintal 1 4 128 2048
Arroba 1/4 1 32 512
Arrátel 1/128 1/32 1 16
Onça 1/2048 1/512 1/16 1

Referências

  1. a b MONTEVERDE, Emilio Achilles, Manual Encyclopedico para Uzo das Escolas de Instrucção Primaria, Lisboa: Imprensa Nacional, 1861.
  2. a b c d LOPES, Luís Seabra, A cultura da medição em Portugal ao longo da história, Educação e Matemática nº 84, 2005
  3. Dicionário Enciclopédico Lello Universal, Oporto: Lello & Irmão, 2002.

Ver também[editar | editar código-fonte]