Ars Amatoria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Under construction icon-yellow.svg
Este artigo carece de caixa informativa ou a usada não é a mais adequada. Foi sugerido que adicionasse esta.
Disambig grey.svg Nota: Para o livro de Erich Fromm, veja The Art of Loving.
Ovid Ars Amatoria 1644.jpg

A Arte de Amar ("Ars Amatoria", em latim) é uma série de três livros do poeta romano Ovídio. Escrita em versos, tem como tema a arte da sedução. Os primeiros dois volumes da série, escritos entre 1 a.C. e 1 d.C., falam 'sobre conquistar os corações das mulheres' e 'como manter a amada', respectivamente. O terceiro livro, dirigido às mulheres e ensinando-as como atrair os homens, foi escrito depois.

A publicação da Arte de Amar pode ter sido ao menos em parte responsável por Ovídio ter sido banido de Roma pelo imperador Augusto. A celebração do amor extraconjugal pode ter sido tomada como uma afronta intolerável a um regime que promovia os 'valores da família'.

Para o leitor moderno, parte do interesse no poema está nos vívidos registros da vida cotidiana da Roma Antiga.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: A Arte de Amar
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Ars Amatoria
Ovide auteur.jpg Obras de Ovídio (43 a.C. - c. 18 d.C.)
Literatura de amorAmores · Medeia · Heroides · Ars Amatoria · Remedia Amoris
Literatura eruditaMetamorfoses · Fastos
Literatura do exílioTristia · Epistulae ex Ponto · Íbis · Haliêutica
Portal Roma Antiga · Portal Literatura