Arthur Duarte Candal da Fonseca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Arthur Duarte Candal da Fonseca
18º Ministro Chefe do Estado-Maior das Forças Armadas do Brasil
Período 18 de setembro de 1962 até
12 de junho de 1963
Presidente Emílio Garrastazu Médici
Antecessor Idálio Sardenberg
Sucessor Humberto de Sousa Melo
11º Presidente da Petrobras
Período 27 de março de 1967 até
24 de março de 1969
Presidente Costa e Silva
Antecessor Irnack Carvalho do Amaral
Sucessor Waldemar Levy Cardoso
Dados pessoais
Nascimento 5 de abril de 1909
Porto Alegre, RS
Morte 31 de março de 2007 (98 anos)
Rio de Janeiro, RJ
Nacionalidade brasileiro
Profissão militar
Serviço militar
Graduação general

Arthur Duarte Candal da Fonseca (Porto Alegre, 5 de abril de 1909Rio de Janeiro, 31 de março de 2007) foi um general brasileiro.[1]

Foi presidente da Petrobras de 27 de março de 1967 a 24 de março de 1969.[2]

Exerceu o cargo de Ministro Chefe do Estado-Maior das Forças Armadas entre 2 de maio de 1972 e 2 de janeiro de 1974, durante o Governo Emílio Garrastazu Médici.[3]

Referências


Precedido por
Irnack Carvalho do Amaral
Presidente da Petrobras
1967 — 1969
Sucedido por
Waldemar Levy Cardoso


Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos militares é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.