Arthur F. Beck

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Arthur F. Beck
Outros nomes Arthur Beck
Nacionalidade Estados Unidos Norte-americana
Ocupação produtor cinematográfico
Cônjuge Leah Baird (1914 - ?)

Arthur F. Beck foi um produtor cinematográfico estadunidense[1] que participou de várias companhias de cinema da era do cinema mudo, e esteve envolvido na produção de cerca de 20 filmes entre 1919 e 1936.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Leah Baird, esposa de Beck e estrela de muitos de seus filmes.

O nome de Beck esteve sempre ligado à produção em várias companhias, tais como Artco Productions,[2][3] de Harry Raver; Arthur F. Beck Serial Productions; Encore Pictures,[4] Gibraltar Pictures;[5] Leah Baird Productions;[6] Dietrich-Beck Inc.;[7][8] Louis Tracy Productions;[9] Embassy Pictures Corporation;[10] Associated Exhibitors.[11]

Em seu início na área de produção, em 1919 Beck foi produtor executivo do filme The Capitol,[12] produzido pela Artco Productions, estrelado por Leah Baird, sua esposa.

Em julho de 1919, Beck faria uma parceria com Theodore C. Dietrich, formando a Dietrich-Beck Incorporation,[13] e o primeiro filme produzido pela companhia foi The Bandbox, em 1919.

Já em 1920, então na companhia que levava seu nome, a Arthur F. Beck Serial Productions, a primeira produção de Beck foi o seriado em 15 episódios Trailed By Three, que foi distribuído pela Pathé.

Nos anos 1930, continuou produzindo como associado, e sua última produção associada foi Sky Parade, em 1936, produzido pela Paramount Pictures.

Vida familiar[editar | editar código-fonte]

Em 1914, Arthur casou com Leah Baird, atriz e escritora de vários de seus filmes.[14]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

  • The Capitol (1919, produção executiva, Artco Productions)
  • The Bandbox (1919, Dietrich-Beck Inc.)
  • The Harvest Moon (1920, produção, Gibraltar Pictures & Dietrich-Beck Inc.)
  • Cynthia of the Minute (1920, produção, Gibraltar Pictures & Leah Baird Productions)
  • The Silent Barrier (1920, apresentação, Gibraltar Pictures & Louis Tracy productions)
  • Trailed By Three (1920, produção, Arthur F. Beck Serial Productions)
  • The Heart Line (1921, produção, Leah Baird Productions)
  • Don't Doubt Your Wife (1922, produção, Leah Baird Productions)
  • When the Devil Drives (1922, produção, Leah Baird Productions)
  • When Husbands Deceive (1922, apresentação, Arthur F. Beck Serial Productions)
  • Is Divorce a Failure? (1923, apresentação, Arthur Beck Productions)
  • The Miracle Makers (1923, produção, Leah Baird Productions)
  • The Destroying Angel (1923, produção, Arthur F. Beck Serial Productions)
  • Barriers Burned Away (1925, apresentação, Encore Pictures)
  • The Unnamed Woman (1925, produção, Embassy Pictures Corporation)
  • Shadow of the Law (1926, produção, Associated Exhibitors & Paramount Pictures)
  • Jungle Bride (1933, produção associada, I.E. Chadwick Productions, não-creditado)
  • Sky Parade (1936, produção associada, Paramount Pictures)

Arthur F. Beck Serial Productions[editar | editar código-fonte]

Arthur F. Beck Serial Productions
Privada
Atividade Produção cinematográfica
Fundação 1920
Fundador(es) Arthur F. Beck
Encerramento 1922
Sede Nova Iorque, 1400 Broadway
Presidente Arthur F. Beck
Pessoas-chave Arthur F. Beck
Thomas F. MacMahon
Bailey C. Elliott

[15]

Produtos filmes

Arthur F. Beck Serial Productions foi uma companhia cinematográfica formada por Arthur F. Beck, em Nova Iorque. Foi responsável por três produções entre 1920 e 1922, entre elas o seriado Trailed By Three, em 15 capítulos com Stuart Holmes, ditribuído pela Pathé. Inicialmente o seriado recebeu o nome The Isle of Jewels, nome pelo qual também ficou conhecido.[16] Os dois outros filmes da companhia foram escritos e estrelados pela atriz Leah Baird, esposa de Arthur Beck,[17] e foram distribuídos pela Associated Exhibitors.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]