Arthur Freed

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde setembro de 2011). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Arthur Freed
Nascimento 9 de setembro de 1894
Charleston
Morte 12 de abril de 1973 (78 anos)
Los Angeles
Sepultamento Hillside Memorial Park Cemetery
Cidadania Estados Unidos
Ocupação produtor cinematográfico, compositor, roteirista, ator, letrista, autor-compositor
Prêmios Oscar de melhor filme, Oscar de melhor filme

Arthur Freed, nome artístico de Arthur Grossman (Charleston, 9 de setembro de 1894Los Angeles, 12 de abril de 1973) foi compositor e produtor cinematográfico estadunidense.

Foi um dos mais importantes produtores de cinema dos Estados Unidos, produzindo preferencialmente filmes musicais, gênero que ajudou a popularizar nos anos 1930 até os anos 1950. Começou sua carreira no cinema compondo músicas para os primeiros musicais da Metro-Goldwyn-Mayer, estúdio para o qual trabalhou até o final de sua carreira, e depois foi promovido a produtor.

Entre seus maiores sucessos, estão os filmes O Mágico de Oz (1939, como produtor associado não creditado), Uma Cabana no Céu (1943), Agora Seremos Felizes (1944), Ziegfeld Follies (1946), The Harvey Girls (1946), Good News (1947), O Pirata (1948), Desfile de Páscoa (1948), Um Dia em Nova York (1949), Ciúme, Sinal de Amor (1949), Bonita e Valente (1950), Núpcias Reais (1951), O Barco das Ilusões (1951), Cantando na Chuva (1952), Gigi (1958), e muitos outros filmes musicais de grande sucesso.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre produtor cinematográfico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.