Arthur Wellesley, 4.º Duque de Wellington

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Sua Graça
4.º Duque de Wellington
KG, GCVO, GCTE, DL
4.º Duque da Vitória
4.º Príncipe de Waterloo
4.º Duque de Ciudad Rodrigo
Caricatura da Vanity Fair de 1903
Duque de Wellington
Ducado 8 de junho de 1900
a 18 de junho de 1934
Antes Henry
Sucessor Arthur Charles
 
Esposa Kathleen Emily Bulkeley Williams
Descendência Lady Evelyn Wellesley
Lord Arthur Charles
Lord Richard Wellesley
Lord Gerald Wellesley
Lady Eileen Wellesley
Lord George Wellesley
Nome completo Arthur Charles Wellesley
Nascimento 15 de março de 1849
  Inglaterra Londres
Morte 18 de junho de 1934 (85 anos)
  Inglaterra Basingstoke, Hampshire
Enterro Stratfield Saye House
  21 de junho de 1934
Ocupação político, militar
Pai Charles Wellesley
Mãe Augusta Sophia Anne Pierrepont

Arthur Charles Wellesley, 4.º Duque de Wellington KG, GCVO, GCTE, DL (15 de março de 1849 – 18 de junho de 1934) foi um militar e nobre britânico. Era o segundo filho mais velho de Charles Wellesley e sucedeu a seu irmão, Henry, no ducado em 1900.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Era o segundo filho do major-general Lord Charles Wellesley e de Augusta Sophia Anne Pierrepont.[1] Foi educado em Eton, entre 1861 e 1866.[2] Depois de se formar, Wellesley se tornou militar. Ele serviu como um oficial dos Grenadier Guards, o regimento mais importante da divisão da Guarda. Os Guards faziam parte dos cinco regimentos de Household Division, a elite das forças armadas que forneceu segurança para o monarca. Para ser selecionado como um membro da Household Division era uma grande honra e, consequentemente, os beneficiários recebiam dois postos, um como um membro da Household Division e um segundo, de maior posto, como um membro das forças armadas. Recebeu o posto de alferes no seu regimento e de tenente no exército britânico, em 13 de junho de 1868.[3] Ele viria a ganhar o posto de tenente, em seu regimento, e capitão, no exército britânico, em 15 de fevereiro de 1871.[3]

Ao longo de sua carreira, Wellesley não teve nenhuma ação de combate: os seus deveres eram, em grande parte, cerimonial, como parte da guarda pessoal. Ele recebeu a patente de capitão do seu regimento e o de tenente-coronel no exército britânico em 5 de abril de 1879. Wellesley recebeu a patente de major em seu regimento e coronel do exército britânico em 1 de agosto de 1887.[3]

Sucedeu a seu irmão como duque de Wellington em 8 de junho de 1900. Ele também herdou a casa da cidade de Londres, Apsley House, e as propriedades da família em expansão de Stratfield Saye House, com mais de 19,000 acre(s)s (7 689 ha),[1] concedida ao primeiro duque por compra parlamentar pelos serviços militares. A propriedade também incluiu quatro chamados livings; Wellesley tinha o dever, direito e obrigação de preencher cargos em paróquias locais.[4]

Entre 1900 e 1934, teve assento na Casa dos Lordes, estando entre os conservadores.[5] Com a implantação da República Portuguesa, perde o título de Duque da Vitória em 1910.

Ele foi investido como Cavaleiro Grã-Cruz da Real Ordem Vitoriana em 2 de maio de 1902 e um cavaleiro da Ordem da Jarreteira em 8 de agosto de 1902.[2] Ambos os prêmios foram concedidos a ele pelo rei Eduardo VII. Ele também foi premiado com a condecoração espanhola da Grã-Cruz de Carlos III, e a condecoração portuguesa da Grã-Cruz da Torre e Espada.[2] A duquesa morreu em 24 de junho 1927 na Apsley House e foi enterrado no dia 28 de junho, no Stratfield Saye House.[6] Wellesley morreu em Ewhurst Park, Basingstoke, Hampshire, em 18 de junho (ironicamente dia da Batalha de Waterloo) de 1934 e foi sepultado três dias depois, em Stratfield Saye House, Basingstoke, Hampshire, a casa ancestral do Duques de Wellington.[1] Foi sucedido pelo seu varão mais velho, Arthur Charles.[7]

Casamento e descendência[editar | editar código-fonte]

Em 24 de outubro de 1872, ele se casou com Kathleen Emily Bulkeley Williams, filha do capitão Robert Griffith Williams (irmão de Sir Richard Bulkeley Williams-Bulkeley, 10.º Baronete) e sua esposa Mary Anne Geale (filha de Pears Geale, de Dublin).[6] Tiveram seis filhos:

  • Lady Evelyn Kathleen Wellesley[8] (30 de julho de 1873 – 19 de janeiro de 1922) casada com Hon. Robert James,[9] com quem teve um filho.
  • Arthur Wellesley, 5.º Duque de Wellington (9 de junho de 1876 – 11 de dezembro de 1941)
  • Lord Richard Wellesley (30 de setembro de 1879 – 29 de outubro de 1914)
  • Gerald Wellesley, 7.º Duque de Wellington (21 de agosto de 1885 – 4 de janeiro de 1972)
  • Lady Eileen Wellesley (13 de fevereiro de 1887 – 31 de outubro de 1952) casada com o capitão Cuthbert Julian Orde RFC, tiveram um filho e uma filha[10]
  • Lord George Wellesley (29 de julho de 1889 – 31 de julho de 1967)[2][6]

Referências

  1. a b c Sladen p. 1864
  2. a b c d The Peerage #103792
  3. a b c J. Murray p. 186
  4. Dod p. 104
  5. The World Almanac p. 457
  6. a b c The Peerage #103793
  7. Lindsay p. 559
  8. Lundy, Darryl. «Lady Evelyn Kathleen Wellesley». The Peerage 
  9. Lundy, Darryl Lady Evelyn Kathleen Wellesley was the daughter of the 4th Duke of Wellington born (30 July 1873 died 19 January 1922) married the Hon. Robert James, who had one son. She is interred at Easby Abbey near Richmond North Yorkshire. «Hon. Robert James». The Peerage  line feed character character in |primeiro= at position 7 (ajuda)[fonte confiável?]
  10. http://www.stanford.edu/group/auden/cgi-bin/auden/individual.php?pid=I16462&ged=auden-bicknell.ged

Fontes[editar | editar código-fonte]

Ligação externa[editar | editar código-fonte]

Precedido por:
Henry, 3.º Duque de Wellington
Arms of the Duke of Wellington.svg
Duque de Wellington

19001934
Seguido por:
Arthur, 5.º Duque de Wellington
Duque da Vitória
19001910
Duque de Ciudad Rodrigo
19001934
Príncipe de Waterloo
19001934