Articulação do ombro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde junho de 2017). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Articulação do ombro
Gray327.png
Ombro direito e articulação.
MeSH Glenohumeral+Joint
Dorlands/Elsevier 12161410

A articulação do ombro ou articulação glenoumeral[1] é uma articulação sinovial que envolve uma articulação entre a fossa glenoide e escápula e a cabeça do úmero, do tipo bola e soquete.[2] Devido a uma interface limitada entre o úmero e a escápula, essa articulação é a que possui maior liberdade de movimento no ser humano.[3] É suportada por pequeno conjunto ósseo e principalmente por tecidos moles, tais como, músculos, ligamentos e cápsula articular.[4]

Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Referências[editar | editar código-fonte]

  1. L, TESTUT (1965). Tratado de Anatomía Humana, -Tomo I: Osteología, Artrología, Miología. Barcelona: Salvat Editores 
  2. Kendall, Florence (2007). Músculos: provas e funções. 5ª ed ed. Barueri: Manole. pp. 304–305. ISBN 9788520424322 
  3. Kapandji, AI (2000). FISIOLOGIA ARTICULAR. V.1 5ª ed ed. [S.l.]: Panamericana. pp. 11–12. ISBN 85-303-0043-2 
  4. SANTOS, F. L; SOARES, S. T. M. (2011). «Tratamento fisioterapêutico para ombro doloroso em paciente com acidente vascular encefálico – estudo de caso». Revista Hórus. v.5 (n.3): p.64-72